Por pbagora.com.br

Na assembleia geral realizada na manhã desta quinta-feira, (19), no
auditório da AABB, os servidores das secretarias de Educação e Saúde da
Prefeitura de Campina Grande decidiram suspender a greve que já durava mais
de 20 e 45 dias, respectivamente. A decisão foi tomada após amplo debate.
Dessa forma, todos os trabalhadores dessas duas pastas irão voltar ao
trabalho já nesta sexta-feira, (20).

 A suspensão do movimento grevista deu-se com a condicionante de que o
governo municipal possa retomar as negociações com os representantes dos
servidores. De acordo com a diretoria do Sintab (Sindicato dos
Trabalhadores Públicos Municipais) será enviado ao gabinete do prefeito
mais um ofício contendo as reivindicações dos servidores que irão aguardar
um posicionamento da gestão em um prazo de 15 dias.

 Caso não haja entendimento entre as partes, as categorias voltarão a se
reunir para avaliar quais medidas serão tomadas para que os direitos dos
servidores sejam respeitados. De acordo com Napoleão Maracajá, presidente
do Sintab, essa decisão tem um prazo de validade, já que a pauta de
reivindicação poderá voltar em breve. “Os servidores decidiram apenas
suspender a greve por apenas 15 dias, podendo retornar se a pauta não for
atendida. Vamos buscar mais uma vez negociar com o governo”, destacou o
presidente Napoleão Maracajá.

 

 

Assessoria

Notícias relacionadas

João Azevêdo assina convênio e autoriza doações através das contas de água para o Hospital da Fap

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (19), um convênio entre a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e o Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), em…

DIA DE TIRADENTES: veja o que abre e o que fecha em João Pessoa em 21 de abril

Nesta quarta-feira (21), no dia de Tiradentes, o funcionamento do comércio, shoppings, repartições públicas e Justiça funcionam normalmente em João Pessoa, já que o feriado foi antecipado conforme Medida Provisória…