Nesta quinta-feira (23), o ministro da Justiça Sérgio Moro, repercutiu através das suas redes sociais a atuação da Polícia Federal na Operação Alquimia, desencadeada na cidade de Aroeiras na Paraíba e que juntamente com Controladoria-geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB) e apura o suposto desvio de recursos públicos no município através da aquisição de livros educativos sobre o novo coronavírus.

De acordo com a postagem de Moro essa seria a primeira operação do tipo. O ministro não confirmou, mas deixou a entender que no país podem haver mais investigações como a ocorrida em Aroeiras.

“Uma primeira Operação, realizada em conjunto com a CGU, sobre possíveis desvios do emprego de recursos destinados ao combate do novo coronavírus”, escreveu Moro no Twitter.

Confira:

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Líderes da Igreja Presbiteriana do Brasil na PB divulgam nota sobre o isolamento social no estado

Pastores e Presbíteros que fazem parte do Sínodo da Paraíba, da Igreja Presbiteriana do  Brasil, divulgaram uma nota pública face das medidas sanitárias de isolamento social decretadas pelas autoridades competentes…

Covid-19: PB tem mais de 12 mil casos e registra 9 mortes nas últimas 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu novo boletim epidemiológico nesta sexta-feira (29). De acordo com o órgão, os números da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) apontam 12.011 pessoas…