Prefeito de Campina Grande alerta a população para a improcedência dos boatos disseminados nas redes sociais

Durante a transmissão ao vivo, via redes sociais, da inauguração virtual do Hospital de Campanha Municipal Dr. Virgílio Brasileiro, na manhã desta terça-feira, 12, o prefeito Romero Rodrigues criticou duramente a propagação de mentiras através da produção de sistemáticas de fake news, em Campina Grande. “Em plena pandemia, temos de enfrentar também os que usam desse tipo de artimanha inescrupulosa”, lamentou Romero.

De acordo com Romero Rodrigues, os mesmos que andam espalhando notícias falsas sobre um grande volume de pessoas infectadas na cidade, numa situação praticamente fora de controle, são os mesmos que já tentaram contaminar a opinião pública com a disseminação de fake news sobre agulhadas no São João 2018 ou mesmo riscos às pessoas no Natal Iluminado 2019.

Improcedência total – O prefeito campinense observa que não tem o menor sentido, por exemplo, se imaginar que haja essa explosão de casos em Campina Grande se for levado em conta a considerável quantidade de leitos disponíveis e estrutura de Saúde à disposição da população do município e região. A cidade, garante Romero Rodrigues, desde o início da pandemia, tem procurado fazer o dever de casa, às vezes se antecipando nas medidas, tanto de prevenção quanto de assistência médica aos infectados.

Por fim, Romero apela à população para que fique bem atenta à essa onda de fake news, no momento em que a cidade e seu povo precisam de apoio, solidariedade e respeito. “Esse tipo lamentável de ação nefasta e covarde, às vezes, é mais danosa que o próprio vírus”, concluiu o prefeito.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Um dia após fim de barreiras sanitárias, bairro de Mangabeira registra ruas cheias

Pelo visto as medidas de conscientização e barreiras sanitárias montadas por dois dias no bairro de Mangabeira, o mais populoso de João Pessoa e que conta com o maior número…

Mulher cede à negociação após 12h e entrega arma à polícia, em JP

Uma mulher, que após uma discussão com o marido que é policial rodoviário federal, tomou a arma do companheiro e se trancou em um quarto de um flat na orla…