Por pbagora.com.br
Reprodução: TV Globo

Após toneladas de lixo serem encontradas em praias do Rio Grande do Norte, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) do estado entrou em contato com os municípios afetados e com a Paraíba e Pernambuco para verificar a ocorrência de algum incidente ambiental “que possa ter ocasionado o aparecimento de resíduos sólidos na Região Sul da Costa do Rio Grande do Norte, especialmente, nos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Tibau do Sul e Nísia Floresta”.

“Até o momento, o Instituto não dispõe de informações oficiais e busca contato com a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos, e com a Superintendência do Ibama. O órgão ambiental recomenda que os municípios recolham o material o mais rápido possível, evitando que retornem aos oceanos e provoquem outros prejuízos enquanto tudo é esclarecido”, diz a nota.

Na Paraíba, toneladas de lixos também foram encontradas e recolhidas pelos órgãos de fiscalização ambiental. Há indícios de que o material veio de Pernambuco.

Em comunicado dirigido às prefeituras do estado, o Idema solicitou a adoção de algumas ações. Entre elas, a interdição dos trechos das praias que ainda possuam resíduos sólidos; e a colocação de bandeiras vermelhas indicando que a praia está imprópria para banho, até a total limpeza das praias.

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Chuvas em JP nas últimas 24h ultrapassam a média esperada para maio

João Pessoa debaixo d ‘água. Em 24h choveu na capital paraibana mais do que o esperado para todo o mês de maio, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas…

Em quatro meses de gestão, PMCG já pavimentou 69 ruas de 21 bairros

A Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria de Obras de Campina Grande (Secob) realizou nos primeiros 120 dias de governo importantes intervenções urbanas. O Departamento de engenharia da Secob…