A Paraíba o tempo todo  |

Govenos precisam oferecer condições à população para ficar em casa, diz Raoni

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), usou as redes sociais para desabafar sobre os decretos anunciados na Capital paraibana por conta da pandemia do novo coronavírus. O democrata acredita que não cabe aos governos municipal e estadual apenas decretar as regras e achar que toda a população terá condições de respeitar. Ele ressaltou que é preciso prover as condições para que as pessoas possam permanecer em casa.

“Ninguém disse que a situação é fácil de resolver, mas a cada novo decreto, o cidadão tem a sensação de que estão brincando com o povo, numa disputa política que não coloca a vida de ninguém em primeiro lugar. Ninguém sai de casa desrespeitando decreto, fugindo de barreiras e arriscando se infectar e/ou transmitir para outras pessoas talvez mais suscetíveis, por vontade. As pessoas estão desrespeitando o isolamento decretado pelo Estado e pela Prefeitura por necessidade”, afirmou Raoni.

O democrata questionou como estão sendo realizadas as ações do Governo do Estado e do Município para a sustentação da atividade econômica. “Quais foram as linhas de crédito que disponibilizaram, em particular, para as pequenas e médias empresas? O que tem feito para garantir os empregos das pessoas que trabalham nas empresas que estão sendo consideradas como as últimas a serem abertas”, disse Raoni Mendes.

Ele destacou que os gestores precisam agir para que o decreto de isolamento social possa ser cumprido, incluindo programas e soluções para empresas e autônomos. “Esses sim, estão sem nenhum amparo”, ressaltou.

 

Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe