A Paraíba o tempo todo  |

Programa Espaço Cultural faz tributo ao Dia do Cinema Brasileiro

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O programa Espaço Cultural desta quinta-feira (17) fará um tributo ao Dia do Cinema Brasileiro, tocando músicas paraibanas que se destacaram em curtas e longas-metragens nacionais. Em um dos blocos, tem também uma entrevista com o cantor e compositor Diógenes Ferraz, vocalista da banda Mafiota, que está lançando mais um single solo: ‘Rabugem’.

Editado e apresentado pelo jornalista Jãmarrí Nogueira, o programa realizado pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) vai das 22h até a meia-noite, somente com música da Paraíba, na Rádio Tabajara FM (105,5).

O programa começa com a entrevista de Diógenes. E os três blocos seguintes farão o tributo. No segundo bloco tem músicas com Cátia de França, Geraldo Vandré, Quinteto da Paraíba e Zé Ramalho. No terceiro bloco, canções com Herbert Vianna, Tocaia da Paraíba, Eli-Eri Moura, banda Flávio C, Apolônio Cardoso, Chico Limeira, Erick de Almeida e Martha Sanchís. No quarto e último bloco, o tributo ao Dia do Cinema Brasileiro reúne canções com Vital Farias, Jackson do Pandeiro, Marinês, Val Donato e Elba Ramalho.

O programa Espaço Cultural – que só toca música da Paraíba – pode ser ouvido pelo site https://radiotabajara.pb.gov.br/radio-ao-vivo/ e, no dia seguinte à apresentação, fica disponível no canal da Funesc no YouTube.

Diógenes Ferraz – Diógenes Ferraz Barboza Netto, ator, cantor, cineasta, compositor, poeta e radialista, de nome artístico Diógenes Ferraz, nasceu em João Pessoa, em 17 de setembro de 1990. O artista viveu a maior parte de sua infância no bairro Mangabeira (onde tem produzido singles no Estúdio M). Seu primeiro trabalho solo se chama Vira Lata Caramelo e inclui o single ‘Rabugem’, em parceria com Seu Pereira.

Formado em Rádio e TV pela UFPB, Diógenes é vocalista da Banda Mafiota desde 2007. Dentre os seus trabalhos marcantes ele destaca na música, seu primeiro trabalho autoral, o EP ‘Devassa’, ‘Desculpas de Quinta’ e o single ‘Assanhauar’, além de outros com a banda Mafiota. No teatro, o espetáculo “O Malandro”, “Milkshakespeare”, “O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna”. No Cinema, seu filme “Como eu Cozinho”.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe