Por pbagora.com.br

A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PB) firmou parceria com o Unipê com a finalidade de realizar o descarte correto de computadores e ainda beneficiar pessoas e entidades que precisam do equipamento. Desse modo, os aparelhos que estavam sem funcionamento e em desuso na antiga sede do órgão estão sendo entregues à instituição e passarão pelo projeto de recuperação Apoio à Inclusão Digital e depois serão doados a escolas e associações.

“Uma das vertentes que utilizamos no órgão é a sustentabilidade. Então essa parceria com o Unipê é exitosa em possibilitar que os equipamentos de informática que estavam em situação de descarte pelo Procon pudessem ser reaproveitados por equipe técnica de professores do Unipê e assim reaproveitados e destinados a escolas e associações”, afirma Késsia Liliana, superintendente do Procon-PB.

Leandro Alves, professor coordenador do projeto Apoio à Inclusão Digital, ressalta que esse “é um trabalho muito bonito sustentado sob três aspectos: social, ambiental e educacional, e parcerias como essa, é uma oportunidade de poder reaproveitar esses equipamentos para pessoas que realmente precisam e o que não funcionar a gente dá um direcionamento correto. É uma relação de ganha-ganha para a sociedade e para o meio ambiente. ”

Descarte correto – Por se tratar de lixo eletrônico, deve-se ter total atenção na forma correta no momento de se desfazer desse tipo de produto, pois as consequências do descarte incorreto de eletrônicos vão além dos impactos ambientais. Os eletrônicos quando descartados de maneira incorreta podem liberar substâncias tóxicas na água, no solo e no ar. A contaminação do organismo com os metais pesados, por exemplo, traz diversas consequências para a saúde, como problemas respiratórios e danos ao sistema nervoso podem surgir a partir da contaminação do organismo com mercúrio, chumbo e cádmio presentes nos eletrônicos.

O Brasil tem a Política Nacional de Resíduos Sólidos desde 2010 e, de acordo com esse documento, entre os princípios que devem ser adotados estão: o desenvolvimento sustentável e a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. Portanto, o Procon-PB alerta ao consumidor para que faça o descarte de forma adequada e consciente.

PB Agora

Notícias relacionadas

Supermercado é interditado em JP por descumprir decreto municipal

A Vigilância Sanitária interditou neste sábado (27), em Super Mercado, situado no Bairro dos Estados, em João Pessoa, por descumprir o Decreto Municipal com medidas contra a Covid-19. A fiscalização…

Deputado Wilson Filho destaca ações do Governo do Estado em Sousa

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Wilson Filho (PTB), concedeu entrevista na tarde desta sexta-feira (26), à Rádio Sousa FM 104.3, e falou sobre os avanços…