Por pbagora.com.br

 A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB) atendeu 13.655 consumidores em 2016, registrando um crescimento de 35,08% em relação ao ano de 2015, quando foram realizados 8.865 atendimentos. Do total de atendimentos, 7.248 foram solucionados em atendimento preliminar, por meio de uma ligação do Procon-PB para os fornecedores.

 

Problemas em faturas de cartão de crédito, cobranças indevidas e renegociações contratuais foram os assuntos que mais levaram os consumidores ao Procon Estadual e registraram 4.084 atendimentos. Desses, 1.639 foram resolvidos em atendimento preliminar. Em segundo, estão os serviços essenciais como água, luz e telefonia com 3.675 atendimentos registrados, mas que 1.963 também foram solucionados em atendimento preliminar.

 

De acordo com a superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana, muitos direitos não chegam aos consumidores por falta de informação e isso se percebe claramente em mais da metade da demanda dos atendimentos de 2016 que foram resolvidos com apenas um telefonema do Procon-PB para as empresas.

 

“É preciso empoderar ainda mais os consumidores com informações sobre seus direitos. Um consumidor bem informado torna mais justa as relações de consumo. Quanto mais consumidores estiverem aptos a exigir um produto ou serviços com informações claras, será possível evitar desentendimentos e ter celeridade para solução de conflitos quando necessário. E isso deve contribuir para que mais fornecedores promovam uma relação ética com seus clientes” disse a superintendente.

 

Para ser atendido em uma das unidades do Procon Estadual da Paraíba, é preciso levar documento oficial com foto, comprovante de residência e os documentos que apresentam a situação em conflito. Além das unidades presenciais distribuídas no Estado, é possível ter informações sobre os direitos dos consumidores por meio da assessoria jurídica, pelo disque 151, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Lei muda regras para usuários solicitarem embarque e desembarque nos ônibus na PB

Foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado de sábado (10), uma nova lei de autoria do deputado estadual Wilson Filho (PTB) que define situações em que usuários do…

CCJ da ALPB aprova multa de até R$ 100 mil a quem participar de aglomerações

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, em reunião realizada nesta segunda-feira (12) por videoconferência, a aplicação de multas aos proprietários ou…