A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor está notificando os postos de combustíveis da Capital para que expliquem os aumentos ocorridos neste mês de setembro no preço da gasolina. Pesquisa comparativa realizada pelo Procon-JP nesta quarta-feira (19) encontrou o menor preço a R$ 4,349 (Posto Millenium e SIM – Água Fria), quando no dia 9 deste mês estava registrado em R$ 4,099 e no dia 28 de agosto em R$ 4,05.

O maior preço da gasolina também oscilou para mais, saindo de R$ 4,590 no início deste mês para R$ 4,780 neste dia 19. O número de postos que aumentou chega a 98 dos 104 em atividade na Capital. O secretário Helton Renê informa que todos os postos onde houve registro de aumento terão que apresentar as três últimas notas fiscais para explicarem o motivo de tanta elevação nos preços.

“Através das pesquisas do Procon-JP estamos monitorando os aumentos. Mesmo considerando os reajustes dados pela Petrobras, à primeira vista essa elevação nos parece exagerada. Vamos checar através de documentação fiscal e quem estiver se aproveitando do momento sofrerá todo o rigor da lei. A população está passando por um momento de crise financeira e não pode arcar com nenhum tipo de aumento abusivo”, explicou Helton Renê, salientando que a notificação se refere a todos os tipos de combustíveis.

Álcool – Sobre o álcool, o menor preço continua em R$ 2,990 (Pichilau – Tambauzinho), o mesmo registrado no dia 9 de setembro. O maior preço também não registrou alteração, se mantendo em R$ 3,499  (Autopel – Tambauzinho). Cinquenta postos mantiveram, 14 aumentaram e 29 baixaram o preço do produto em relação ao levantamento do último dia 9.

Diesel – Quanto ao óleo diesel S10, o produto também registrou aumento, saindo de R$ 3,250 no dia 9 de setembro, para R$ 3,490 (Auto Posto Valentina – Valentina) e, o maior, permanecendo em  R$ 3,991 (De Ville – Água Fria). Trinta e seis estabelecimentos aumentaram o valor do produto, 06 reduziram e 45 mantiveram.

GNV – Todos os 12 postos que comercializam o Gás Natural Veicular (GNV) mantiveram os mesmos preços da pesquisa realizada no dia 9 de setembro, com os preços do produto oscilando entre R$ 3,479 (Metrópole – Epitácio Pessoa), Bancários (Bancários) e posto Z (Cidade Universitária) e R$ 3,499 (Frei Damião – Ipês) .

Para acessar a pesquisa completa, acesse o link: http://midi.as/92s2 ou o portal da Prefeitura de João Pessoa – joaopessoa.pb.gov.br e proconjp.pb.gov.br.

 

Redação com Secom-PMJP

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem que usou cartões de terceiros sem autorização tem pena mantida pela Câmara Criminal

Um homem, condenado na 6ª Vara Regional de Mangabeira, Comarca da Capital, a um ano e oito meses de reclusão, em regime inicialmente aberto, além do pagamento de 60 sessenta…

Entidades organizam protesto contra aumento das passagens de ônibus, em JP

Por conta do aumento no preço das passagens de ônibus em João Pessoa, movimentos sociais organizam um protesto no Parque Solon de Lucena, às 7h da manhã desta quinta-feira (30).…