A Prefeitura de Patos, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, desde o início do ano vem realizando estudos e trabalhos de preservação no Rio Espinharas em parceria com diversos órgãos de proteção ambiental, como a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e a Superintendência e Administração de Meio Ambiente (SUDEMA).

A limpeza do Rio Espinharas já vem sendo realizada periodicamente, e ao mesmo tempo foi feita a demarcação do local com piquetes e a delimitação das áreas de preservação permanente (APP), para posteriormente ser feita a revitalização do espaço.

Na manhã desta segunda-feira, 4 de dezembro, equipes dos órgãos protetores do meio ambiente deram inicio a mais uma etapa que é o estudo fitossociológico e inventário florestal, com o objetivo de estimar o volume da área e catalogar as espécies de vegetação que existe naquele lugar, para dar entrada junto a SUDEMA para autorização do plano de corte das árvores exóticas que estão invadindo o leito do rio e consequentemente a recuperação da área degradada.“Futuramente quando a gente pensar em revitalizar o rio, teremos que plantar árvores nativas e vamos ter que retirar as árvores exóticas, que são predominantes a algaroba e a mata-fome”, concluiu o engenheiro florestal do município, Felipe Silva.

O vereador Capitão Hugo, que também é parceiro do projeto, disse que o secretário de Meio Ambiente, Natércio Alves e o prefeito Dinaldinho, estão dando total apoio a esse trabalho, e que não se pode perder a oportunidade de mostrar a sociedade patoense que a revitalização do Rio Espinharas é possível e que só trará benefícios a toda população. Capitão Hugo aproveitou a oportunidade e falou de projetos futuros para o entorno do Rio Espinharas. “Esse é um marco inicial para um projeto piloto para que venhamos fazer um parque linear, transformar em uma área de lazer para a cidade, com calçadão, iluminação, playground e campo de futebol”.

 

Assessoria

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fortaleza de Santa Catarina e Jacaré podem ser repassados à iniciativa privada

Uma informação divulgada no site The Intercept nesta quarta-feira (16). mostra que o Governo Federal estuda repassar algumas áreas pertencentes à União para a iniciativa privada. O objetivo seria que…

Comitiva americana visita Secitec para conhecer o ecossistema de tecnologia

Em busca de conhecer o ecossistema de tecnologia da informação de João Pessoa, uma comitiva dos Estados Unidos visitou a Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) da Prefeitura Municipal de…