Por pbagora.com.br
PMJP

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Administração, decretou ponto facultativo nesta segunda-feira (12), em virtude do feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida. Os serviços considerados essenciais, de urgência e emergência da Rede Municipal de Saúde funcionarão normalmente para garantir a assistência à população de João Pessoa.

O ponto facultativo, determinado pela Secretaria de Administração Municipal (Sead), por meio da portaria Nº 360/20, inclui o recolhimento dos veículos oficiais da PMJP às secretarias de origem ou ao Centro Administrativo Municipal, em Água Fria, no término do expediente desta sexta-feira (9).

A liberação dos veículos acontecerá no retorno do expediente normal, nesta terça-feira (13), a partir das 7h. Contudo, os secretários municipais poderão autorizar, em caráter excepcional, de acordo com o interesse público, a utilização de veículo fora do horário determinado, desde que comprovada a necessidade, em virtude do estado de calamidade pública, decretado pela Prefeitura Municipal por conta da pandemia provocada pela Covid-19.

Serviços essenciais – Durante a segunda-feira, os serviços essenciais prestados por algumas secretarias e órgãos do Município, como a Defesa Civil, Guarda Municipal, Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) e a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) não sofrerão alterações.

Funcionarão normalmente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); as quatro unidades de pronto atendimento (UPA), localizadas nos bairros de Manaíra, Bancários, Valentina Figueiredo e Cruz das Armas; Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Torre; Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma); Hospital Municipal Valentina, Instituto Cândida Vargas e Hospital Santa Isabel, este último por meio de regulação.

Já as unidades de saúde da família (USF) estarão fechadas no dia 12 e na terça-feira (13), retornam ao atendimento dos usuários.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prefeita da PB é multada por usar slogan de campanha em material da prefeitura

A prefeita da cidade de Diamante, Carmelita Lucena, que é candidata à reeleição, foi condenada a pagar multa de cinco mil Ufir (Unidade Fiscal de Referência) por propaganda eleitoral irregular.…

Advogado de Tyrone destaca que cliente ainda pode concorrer às eleições em Sousa

O imbróglio envolvendo a pendenga jurídica do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, do Cidadania, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (28) após o advogado Johnson Abrantes, que representa a defesa…