Sesuma e Defesa Civil em alerta em máximo em Campina

Devido às fortes chuvas registradas em Campina Grande, principalmente na terça-feira, 21.01, onde choveu em duas horas o que era esperado para o ano inteiro, as equipes da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), e Defesa Civil da Prefeitura de Campina Grande, continuam de alerta máximo para atendimento à população, além de estarem trabalhando dia e noite para diminuir o efeito dos danos que uma parte da população sofreu.

Às áreas mais afetadas estão localizadas nos bairros do Tambor, Liberdade e Jardim Paulistano, onde moradores tiveram casas invadidas pela enxurrada, muros caíram, além de prejuízos materiais, mas graças a Deus não houve vítimas. Nestes locais as equipes providenciaram a limpeza e desobstrução de galerias.

O prefeito Romero Rodrigues, vem acompanhando de perto, e determinou que toda assistência seja dada às famílias que sofreram danos com a “ enxurrada”, principalmente na recuperação de casas,limpeza, auxílio moradia, e assistência social. Foram registradas inundações e destruição de casas, prejuízos pessoais e danos na malha viária.

O secretário executivo da Sesuma, Josivaldo Salatiel, apesar da intensidade e conseqüências das chuvas, tranquilizou a população, assegurando que tudo está sob controle. “ Estamos atentos com nossas equipes, trabalhando em conjunto com a defesa civil, inclusive monitorando áreas de risco .

Outra preocupação é com relação à queda de árvores. Só na chuva de terça-feira, foram em torno de dez, e os técnicos do meio-ambiente estão vistoriando e monitorando, além de estarem substituindo às que causam maior risco a população. “ A coordenadora Denise Sena está acompanhando tudo, e trabalha em sintonia com o Corpo de Bombeiro e Defesa Civil”.

Com relação a Defesa Civil, o coordenador Ruiter Sansão “ garantiu que várias equipes de plantão, mobilizados e circulando, sobretudo, nas áreas de risco. Em caso de novos problemas, com a ocorrência de chuvas, a comunidade pode nos acionar para que adotemos as medidas necessárias. Todo o sistema de Defesa Civil, incluindo o Corpo de Bombeiros, está em alerta”, garantiu.

Por recomendação do prefeito Romero Rodrigues, todas as ações preventivas, como a limpeza de canais e galerias, foram realizadas pelas equipes da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente. Essas ações objetivam evitar obstruções e, consequentemente, problemas de alagamentos, mas quando ocorrem precipitações pluviométricas como a de terça-feira, os danos e transtornos são inevitáveis. Há também orientações aos proprietários de imóveis que oferecem riscos de desabamentos.

“O nosso governo sempre se preocupou em realizar atividades e ações preventivas, o que evita problemas de maior gravidade nestes período de chuvas. “A medida é a prevenção, além de atividades de conscientização da comunidade, pois os transtornos gerados pelas chuvas podem ser evitados ou amenizados quando existe a junção de esforços entre órgãos públicos e a própria comunidade e estas ações não causaram danos maiores”, disse o prefeito Romero Rodrigues, que vem acompanhando toda ação pessoalmente.

 

Codecom / PMCG

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paciente com covid irá para hospital privado quando não houver vaga no SUS

Os hospitais privados da Paraíba terão que internar pacientes infectados pelo novo coronavírus quando não houver vaga na rede pública de saúde da Paraíba. Essa é a lei 11.722, de…

Novo normal: Integração do Varadouro é adaptada para retorno dos ônibus

Previsto para retomar atividades na próxima segunda-feira (6) com a volta do transporte coletivo, o Terminal de Integração do Varadouro (TIV) precisou passar por adaptações que traga segurança e prevenção…