Agentes da Polícia Federal amanheceram o dia realizando uma nova operação na Paraíba. A PF cumpre nove mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão, na cidade de Campina Grande.

 

O objetivo da Operação Campus é desarticular uma quadrilha suspeita de roubar uma agência bancária localizada dentro da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em janeiro de 2018.

 

Cerca de trinta policiais federais foram mobilizados para dar cumprimento aos mandados expedidos pela 4ª Vara Federal de Campina Grande.

 

Os suspeitos serão conduzidos à sede da Delegacia de Polícia Federal em Campina Grande, onde serão interrogados. Em seguida, serão submetidos a exames de corpo de delito e recolhidos no sistema penitenciário estadual.

 

De acordo com a assessoria da PF, todos foram indiciados pela prática dos crimes de roubo qualificado e associação criminosa, com penas que, somadas, podem superar 20 anos de reclusão.

A agência da Caixa Econômica Federal, que fica na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), foi assaltada no dia 29 de janeiro, dentro do campus de Campina Grande. A Polícia Militar informou na época que dois homens entraram na agência como clientes quando anunciaram o assalto. Eles levaram o dinheiro do caixa e ainda fugiram com dois reféns.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Domingo é de céu nublado e chuva isolada em grande parte da PB

A região Nordeste, neste domingo (18), terá tempo de nublado a parcialmente nublado com chuva isolada no leste da Bahia, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e leste…

Homem é morto a tiros quando saía de bar, em Santa Rita

O distrito de Bebelândia, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, voltou a ser palco de mais um assassinato. Dessa vez o crime aconteceu na madrugada deste…