Os órgãos competentes para fiscalizar a aplicação de verbas públicas precisam estar bastante atentos para como os prefeitos paraibanos irão utilizar dinheiro do contribuinte, exclusivamente, ao combate do coronavírus.

A sugestão acima não sugere que todos os nossos prefeitos são desonestos ou irresponsáveis no trato com o dinheiro público. No entanto, todos nós sabemos que, a maioria esmagadora deles, não tem o menor senso de responsabilidade e compromisso com a coisa pública.

O que estamos acostumados a ver, ao logo de muitos anos, é um fato que, por si só, denota o mau procedimento de uma grande maioria dos prefeitos, dados à roubalheira. Haja vista que os ditos cujos geralmente chegam à Prefeitura puxando uma cachorra e saem com um patrimônio de encher os olhos, inclusive, boa parte da família contemplada com o milagre da multiplicação.

Observação

Repetindo: Não são todos e há um número considerável de exceções. Portanto, se o ilustríssimo prefeito que estiver lendo essas mal traçadas linhas for um gestor honesto e zeloso com o erário, não se sinta ofendido porque, naturalmente, está na cota das honrosas exceções.

Tribunal específico

Dado o caráter emergencial das medidas de combate ao coronavírus, somado com a periculosidade dos gestores reconhecidamente desonestos, seria prudente que os tribunais competentes criassem Juizados Especiais para cuidar, exclusivamente, de crimes cometidos na esfera pública inerentes, sobretudo, ao embolso criminoso de verbas públicas.

Assembleia virtual

Apesar do isolamento e do distanciamento social, a Assembleia Legislativa da Paraíba não tem parado. Pelo menos, dois dias da semana, realiza sessões ordinárias, inclusive, com pautas relevantes destinadas a auxiliar o Executivo no combate ao coronavírus.

Quando não há sessão ordinária, há reuniões das comissões técnicas visando acelerar o trâmite das matérias, carentes de suas análises e pareceres.

Tanto as sessões ordinárias, quanto as reuniões de comissões transcorrem virtualmente. Ou seja, de suas casas, os parlamentares participam pelo sistema de vídeo conferência.

 

Wellington Farias

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: ação solidária beneficia trabalhadores da vaquejada na Paraíba

Obedecendo regras de isolamento social, o esporte vaquejada paralisou suas atividades desde o mês de março. A iniciativa serve para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). No entanto, famílias…

Vai faltar água em bairros de João Pessoa nesta terça, diz Cagepa

Cagepa executa manutenção corretiva e abastecimento de água será suspenso em três bairros da capital A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) vai precisar interromper o abastecimento de…