A Paraíba o tempo todo  |

Opinião: Acerca das críticas a Julliete só porque ela vai morar no Rio

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A advogada, maquiadora, influenciadora digital e – especialmente – paraibana de Campina Grande, Juliette Freire, vem sendo detonada nas mídias sociais simplesmente por haver alugado casa no Rio de Janeiro, onde pretende ter residência.

Pelo que se deduz da reportagem veiculada no PB Agora, na opinião dos tais queixosos (e equivocados), Julliete estaria traindo ou desprezando o seu Estado natal, ao se voltar para a Cidade Maravilhosa.

De acordo com a reportagem, “a maquiadora mostrou parte da casa onde vai morar com os amigos, a mãe e o irmão”. Após a repercussão, Juliette começou a receber algumas críticas de conterrâneos.

A mesma
Pelo que temos visto e ouvido sobre Julliete, ela continua a mesma paraibana da gota e arretada de sempre, cheia de amor pela nossa Paraíba joia rara.

É preciso entender que a Juliette Freire de hoje não é mais aquela paraibana desconhecida; deixou de ser apenas uma perdida na multidão. A partir da sua participação no BBB, ela conquistou a atenção do Brasil inteiro, tornou-se uma celebridade e meio-mundo está interessado no que ela pensa e diz.

Na esteira da estrondosa repercussão que teve a sua participação no Big Brother Brasil, Julliete vem conquistando preciosos espaços profissionais, sendo procurada para atividades profissionais que exigem dela uma presença mais assídua no Sul.

Moro em João Pessoa, uma cidade de 800 mil habitantes e com características metropolitanas. A esmagadora maioria de quem reside aqui é natural do interior do Estado e, de uns anos para cá, de outras regiões do País e do mundo.

Nem de longe significa que estas pessoas traíram suas origens. Apenas se mudaram para onde é mais conveniente, por várias razões.

Julliete mesmo, por exemplo, não teria feito a tremenda divulgação da Paraíba, que fez em rede nacional de TV, se tivesse se negado a sair daqui para participar do reality show.

Agora, que ela ganhou projeção, ampliou os horizontes profissionais e está na “crista da onda”, como dizemos no interior, é natural que procure morar onde for mais compatível com as suas atividades profissionais.

Ali ou alhures
Portanto, até que Julliete continue assumindo a sua nordestinidade, a sua paraibanidade, o seu campinismo, sem problema que ela vá morar no Rio ou em Nova Iorque.

O que Julliete precisa mesmo é definir o que quer ser, de agora por diante: apresentadora, atriz, cantora etc e tal.

Porque se o prazo de validade de sua fama se sustentar apenas na condição de ex-BBB, pode ser efêmero.

No mais, dá-lhe Julliette!

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe