A Paraíba o tempo todo  |

Nº de mortes em acidentes nas rodovias federais da PB é o menor em 10 anos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba divulga o balanço do ano de 2020 com os resultados operacionais. Apesar do ano atípico surgido em virtude da crise na saúde pública provocada pela COVID-19, os resultados apontam uma redução de acidentes, feridos e mortos e aumento nas ações de combate ao crime.

Em 2020 ocorreram 1.387 acidentes, uma redução de 11,5% em relação ao ano anterior, quando aconteceram 1.568 acidentes. São 181 acidentes a menos nas rodovias federais paraibanas. Os dados também apontam expressiva queda em relação ao número de feridos e mortos em acidentes de trânsito. Em 2020, 1.519 ficaram feridas e 102 pessoas perderam a vida em decorrência de acidentes de trânsito, o que equivale a uma redução de 11,7% e 22%, respectivamente, comparados aos dados de 2019, quando 1.721 pessoas ficaram feridas e 131 vieram a óbito.

Ao todo, foram 282.247 veículos e 262.390 pessoas fiscalizadas pela PRF na Paraíba. Em 2019, foram 227.848 veículos e 217.778 pessoas, o que representa um aumento de 23,8% no número de veículos e 20% no número de pessoas fiscalizadas em 2020. As operações de fiscalização de alcoolemia também ocorreram com a realização de 20.575 testes, sendo flagradas 826 pessoas dirigindo sob influência do álcool.

No combate à criminalidade os resultados apontam recordes de apreensões. Em 2020, foram tirados de circulação 22,4 kg de crack. O número é 633% maior que as apreensões da droga em 2019, quando foram apreendidos 3kg. O crescimento também ocorreu nas apreensões de maconha com 438 kg, um acréscimo de 22,7% em relação a 2019, quando 357kg foram apreendidos. Também foram apreendidos 84,3 kg de cocaína ao longo do ano.

Outro dado que chama a atenção é a quantidade de veículos recuperados. A PRF na Paraíba recuperou 469 veículos com registro de roubo ou furto em 2020, um aumento de quase 40% em relação ao ano anterior, quando foram 336 veículos. Dentre os veículos recuperados, 327 estavam adulterados. A apreensão de armas e munições acompanhou o crescimento das ocorrências criminais. Em 2020, 43 armas foram tiradas de circulação, um aumento de 13% em comparação ao ano anterior, quando foram recolhidas 38 armas.

Com recordes de apreensões e flagrantes, o número de pessoas detidas também aumentou. Em 2020, foram 1.568 pessoas detidas, 17,4% a mais que em 2019, quando foram detidas 1.335 pessoas.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe