A Paraíba o tempo todo  |

Município de Diamante é investigado após pavimentação em ruas estarem ‘abandonadas’ há quase um ano

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O promotor de Justiça José Leonardo Clementino Pinto, da Promotoria de Itaporanga, abriu inquérito para investigar o município de Diamante após a paralisação de mais de 10 meses em obras de pavimentação asfáltica de ruas no município.

De acordo com o despacho de instauração do inquérito, a denúncia foi feita por um empresário da cidade, Abílio Ferreira de Lima Neto. São três as ruas que estão com as obras paralisadas há quase um ano: Av. Prefeito Dionísio Mangueira, Rua Antônio Vicente e Rua Abílio Sérvulo.

“CONSIDERANDO a necessidade de descortinar por completo denúncia, formulada por Abílio Ferreira de Lima Neto, de irregularidades na obra de pavimentação asfáltica na Av. Prefeito Dionísio Mangueira, Rua Antônio Vicente e Rua Abílio Sérvulo, todas do município de Diamante-PB, haja vistas estarem paralisadas há mais de 10 (dez) meses”, justifica o promotor no documento.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe