Por pbagora.com.br

Principal símbolo da tradição junina no Nordeste, a fogueira teve que ser apagadas das festividades nesse mês de junho em várias cidades da Paraíba. A recomendação do MPPB, com base na pandemia da síndrome respiratória resultante da contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19), fez com que prefeitos adotassem a medida.

Após cidades como Campina Grande, Pombal, Caaporã, entre outras, a cidade portuária de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, através de decreto também proibiu o acendimento de fogueiras.

De acordo com a Prefeitura Municipal de Cabedelo, a iniciativa busca resguardar a saúde da população durante a pandemia do coronavírus. A queima de fogos de artifício também está proibida.

“A determinação se baseia nos riscos causados pelo acendimento de fogueiras e pela queima de fogos às pessoas que possuem problemas respiratórios, já que a fumaça lançada no meio ambiente agrava a situação dos enfermos.”

Ainda de acordo com a gestão municipal, as Secretarias Municipais de Meio Ambiente, de Saúde e de Vigilância Sanitária, com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar farão a fiscalização.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Presidente da CMJP diz que obra da nova sede terá início assim que convênio for fechado

Nesta segunda-feira 918), o presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Dinho (Avante), declarou durante entrevista ao programa ‘Arapuan Verdade’, que as obras da nova sede da CMJP devem…

Cícero anuncia suspensão do Carnaval em JP e fortalecimento da festa para 2022

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), anunciou na manhã desta segunda-feira (18) a suspensão do Carnaval este ano por conta da pandemia da covid-19. Em entrevista coletiva o…