Por pbagora.com.br

A modelo Lorrayne Damares da Silva, 19 anos, foi morta estrangulada pelo ex-namorado Keneddy Ramon Alves Linhares, de 32 anos por tentar terminar o relacionamento com o suspeito. A informação foi dada pelo delegado Raphael Dunice, da Polícia Civil da Bahia.

Em depoimento, o ex-namorado disse que começou a discutir com a modelo, que partiu para cima dele com tapas. Nesse momento ele então teria pressionado o pescoço dela até ela perder os sentidos. Após o crime, ele colocou o corpo dentro do carro e o abandonou r  em um matagal que fica debaixo da ponte da rodovia federal BR-230, no Distrito de Café do Vento, na Paraíba.

Após a desova do cadáver, o ex-namorado abandonou o veículo em Campina Grande com destino a Santa Catarina, onde começaria a trabalhar, mas ele acabou sendo preso no sábado, município de Eunápolis, no Estado da Bahia. Uma coletiva de imprensa deve ser realizada na próxima quarta-feira (23), data provável que o suspeito deve chegar a Paraíba.

 

PB Agora

 

Notícias relacionadas

JP: motoristas de aplicativos organizam protesto contra preço de combustíveis

Está sendo organizado para a próxima segunda-feira (1º) em João Pessoa, um protesto de motoristas de transportes privados e individuais (aplicativos). De acordo com os organizadores a concentração será às…

Realização do carnaval seria uma “tragédia sanitária”, avalia secretário de Saúde

Pandemia. Crise sanitária global. Qualquer evento que promova aglomerações poderá trazer consequências graves. É assim que pensa o secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrami. Em entrevista concedida à…