Após ser diplomado na manhã desta quarta-feira (18) no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o atual governador do Estado, José Maranhão, informou à imprensa que o impasse com os delegados grevistas será prioridade do novo governo.

Segundo Maranhão, é preciso analisar as reais condições financeiras do estado, para então poder sinalizar à categoria.

“Após tomar posse no governo, irei realizar um levantamento sobre a real condição financeira do Estado da Paraíba, para então poder dar início às negociações com a categoria”, afirmou Maranhão.

No exercício interino da presidência da Assembléia Legislativa da Paraíba, o deputado estadual Ricardo Marcelo afirmou que, por decisão pessoal, vai dar posse ao senador José Maranhão (PMDB) no governo do Estado nesta quarta-feira (18), a partir das 18 horas.

Ele resolveu antecipar a convocação da sessão solene, que somente seria realizada na manhã desta quinta, a fim de que fossem cumpridas todas as determinações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que manteve a cassação de Cássio Cunha Lima (PSDB) recomendando posse imediata de Maranhão.

“Não adianta mais protelar nem procrastinar isso”, disse Ricardo Marcelo, que assumiu a presidência da Assembléia no lugar de Arthur Cunha Lima (PSDB), que assumiu o governo do Estado temporariamente.
 

 

Thiago Moraes/ Milena Feitosa

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MP vai apurar participação de crianças e adolescentes em bailes funk no Sertão

Um procedimento administrativo deve ser instaurado no Ministério Público a pedido do promotor de Justiça, Thomaz Ilton Ferreira dos Santos, para apurar a suposta participação de crianças e adolescentes em…

Em JP, Cagepa suspende abastecimento após rompimento de adutora

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) está trabalhando no conserto de uma adutora de água, no bairro Jardim Veneza, na Capital, desde o início da tarde desta…