Por pbagora.com.br

No primeiro semestre de 2019, 2.392 veículos foram vistoriados de forma preventiva pela Superintendencia Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP). Esse serviço é realizado por uma equipe de 15 agentes, de forma contínua, com o objetivo de observar o estado de conservação e funcionamento dos veículos que prestam serviços à população. De janeiro a junho foram 520 ônibus, 1.286 táxis, 569 escolares e 17 transportes turísticos.

O chefe da Seção de Vistoria Veicular (Sevist), Edvaldo Loureiro, afirmou que as inspeções são realizadas todos os dias no pátio da Semob e as vistorias dos ônibus são feitas na garagem das empresas. “É muito importante essa manutenção para que os usuários que utilizam esses serviços andem com segurança evitando assim acidentes e eventuais transtornos”, explicou.

São vistoriados a parte elétrica, mecânica, equipamentos e higiene. Caso o vistoriador observe algo fora do padrão, é solicitado o reparo imediato, sob pena de o permissionário ficar impedido de prestar o serviço quando verificados defeitos graves.

“As inspeções também são feitas de forma corretivas, são realizadas fora da Semob, principalmente nos terminais de bairro, visando atender as reclamações que chegam até nós”, esclareceu o chefe da Sevist.

Escolares – No dia 1º de julho, a Semob deu início ao novo calendário de vistoria obrigatória para os transportes escolares.  O objetivo é garantir que o transporte atenda as exigências de conservação, conforto e segurança para os estudantes transportados. A inspeção pretende verificar 435 veículos cadastrados durante do período de 01/07 a 26/07, na sede do órgão, no Cristo Redentor.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inovação e tecnologia: Cícero realiza live com executivo que transformou Lisboa em capital das startups

O candidato à prefeitura de João Pessoa dos Progressistas, Cícero Lucena, estará realizando uma live nesta quarta-feira (23), às 17h, com o fundador do Polo Digital de Lisboa, Rui Coelho.…

Justiça mantém condenação de ex-prefeito de Barra de Santana

Por decisão da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, foi mantida a sentença na qual o ex-prefeito de Barra de Santana, Manoel Almeida de Andrade, foi condenado…