Uma decisão do juiz da 1ª Vara da Família de João Pessoa, Antônio Amaral, proíbe que o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) deixe o país em companhia de seu filho mais novo, fruto do casamento com ex-primeira-dama, Pâmela Bório.

Coutinho está com viagem marcada para a Europa para a próxima semana mas, segundo a decisão. não poderá mais levar o filho menor de idade.

A viagem de Ricardo estava prevista para o dia 22, próxima semana. O retorno estava previsto para o dia 4 de novembro. O ex-governador participaria, na Espanha, de um evento da Fundação João Mangabeira, do PSB, que ele preside.

A decisão do magistrado que atendeu um recurso da ex-mulher de Ricardo, Pâmela foi criticada pela advogada de defesa de Coutinho já que, segundo ela, o juiz da Infância e Juventude, Adhailton Lacet Porto, já havia autorizado a viagem.

A defesa do ex-governador declarou que vai entrar com agravo ainda nesta quinta-feira (17) no Tribunal de Justiça para tentar reverter a decisão.

PB Agora

Total
3
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Árvore cai em cima de carreta, na Av. Vasco da Gama, em Jaguaribe

Uma árvore caiu, na manhã desta quarta-feira (20) em cima de uma carreta que trafegava pela Avenida Vasco da Gama, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. De acordo com…

Confira as mudanças no trânsito e nas linhas de ônibus para a Romaria da Penha

Por conta da 256º Romaria de Nossa Senhora da Penha que acontece no próximo sábado (23), em João Pessoa, um plano de transporte e trânsito será executado pela Superintendência Executiva…