O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital, desautorizou o pagamento das contas em atraso da prefeitura, recusando-se a pagar também seu débito com a Cagepa na ordem de R$ 12 milhões.

 

A Companhia de Água e Esgosto da Paraíba – Cagepa, em virtude do atraso e da recusa do pagamento da dívida, cortou o fornecimento de água, atitude tomada com qualquer consumidor inadimplente com a companhia.

 

Conforme decisão judicial o exorbitante débito da Prefeitura de Campina Grande com a Cagepa tem que ser pago. O prefeito, através da Procuradoria do Município, ainda não se pronunciou a respeito do assunto.

 

A medida só foi adota após diversas tentativas de renegociação da dívida, que estava em R$ 10 milhões, passando para R$ 12 milhões. Segundo informações, a Prefeitura de Campina Grande se recusou a comparecer as reuniões de negociação do débito.

 

Milena Feitosa
PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Câmara do TCE-PB julga 46 processos e imputa débito a ex-prefeito de Picuí

Reunida nessa quinta-feira (12), em sessão ordinária, a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, sob a presidência do recém empossado conselheiro do TCE-PB, Antonio Gomes Vieira…

Acidente em rodovia federal deixa dois feridos e um morto no Sertão

Um homem morreu na noite dessa sexta-feira (13), em um acidente de carro na rodovia BR-104, que liga os municípios de Lagoa Seca e São Sebastião de Lagoa de Roça,…