Por pbagora.com.br

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital, desautorizou o pagamento das contas em atraso da prefeitura, recusando-se a pagar também seu débito com a Cagepa na ordem de R$ 12 milhões.

 

A Companhia de Água e Esgosto da Paraíba – Cagepa, em virtude do atraso e da recusa do pagamento da dívida, cortou o fornecimento de água, atitude tomada com qualquer consumidor inadimplente com a companhia.

 

Conforme decisão judicial o exorbitante débito da Prefeitura de Campina Grande com a Cagepa tem que ser pago. O prefeito, através da Procuradoria do Município, ainda não se pronunciou a respeito do assunto.

 

A medida só foi adota após diversas tentativas de renegociação da dívida, que estava em R$ 10 milhões, passando para R$ 12 milhões. Segundo informações, a Prefeitura de Campina Grande se recusou a comparecer as reuniões de negociação do débito.

 

Milena Feitosa
PB Agora

Notícias relacionadas

Escolas da rede privada de Cabedelo estão liberadas para retomar aulas presenciais no Ensino Médio

Novo decreto libera também a realização de eventos com 30% da capacidade do local e amplia horário de funcionamento de bares e restaurante Em decreto publicado nesta terça-feira (04), a…

Recadastramento Nacional gera inúmeras vantagens para os corretores de imóveis

Corretores de imóveis de todo o país devem fazer o Recadastramento Nacional, através do aplicativo i-Corretor, já disponível para Android e IOS ou na página de recadastramento que está acessível…