João Pessoa agora contará com a Semana Municipal de Prevenção e Combate à Microcefalia, a ser realizada anualmente na última semana do mês de setembro. A inclusão no Calendário Oficial de Eventos do Município atende a uma Lei de autoria do então vereador Eduardo Carneiro (PRTB). A matéria que havia sido vetada pelo Executivo Municipal teve o veto derrubado pelos vereadores pessoenses.

De acordo com Eduardo Carneiro, a Semana Municipal de Prevenção e Combate à Microcefalia tem por objetivo conscientizar a população através de procedimentos informativos, educativos, organizativos e palestras para que a sociedade entenda melhor o assunto e conheça iniciativas de prevenção e combate à microcefalia.

A Lei autoriza a Prefeitura de João Pessoa a firmar convênios e parcerias com instituições públicas e privadas, entidades sociais e educacionais, associações e organizações nacionais e internacionais e com órgãos dos Governos Federal e Estadual para realização de atividades durante a Semana Municipal de Prevenção e Combate à Microcefalia.

“Pretendemos com essa Lei criar mecanismos de conscientização à população envolvendo a problemática que envolve as crianças portadoras de microcefalia. Agora, teremos a inserção dessa Semana no calendário municipal voltada para a temática tão importante para todos nós”, destacou o deputado estadual Eduardo Carneiro.

Projetos – Eduardo Carneiro é autor de oito projetos que tratam sobre o tema microcefalia, sendo três apresentados na Assembleia Legislativa. Durante o período que ocupou o cargo de vereador, apresentou cinco Projetos, sendo que quatro já haviam se tornado lei.

Um deles, prevê a isenção da taxa de inscrição em concursos públicos no âmbito do município de João Pessoa para mães que tem filhos portadores de microcefalia; outro que dispõe de atendimento prioritário às crianças e/ou qualquer pessoa portadora da microcefalia nos estabelecimentos de saúde pública ou privada, na cidade de João Pessoa; e um terceiro que prevê a instalação de cursos de prevenção, diagnóstico e estimulação de recém-nascidos e crianças com microcefalia direcionadas aos agentes de saúde do município de João Pessoa.

Além disso, Eduardo Carneiro destinou emendas impositivas para o Hospital Napoelão Laureano, que assegurou às crianças com microcefalia o acesso gratuito ao exame de videofluoroscopia da deglutição, que custava R$ 600 reais, na época.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais de 900 atletas participaram da 4ª Corrida da UEPB

Neste domingo, 22, Dia Mundial Sem Carro, mais de 900 atletas participaram, da 4ª edição da Corrida da UEPB “Educar Para Viver Bem”, evento promovido pela Universidade Estadual da Paraíba…

2020: deputado aliado de Cartaxo diz ser inviável união com RC

O deputado e nome cogitado para disputar a Prefeitura em 2020 Eduardo Carneiro disse ser inviável uma união de Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo, e aponta vários fatores que corroboram…