Por pbagora.com.br

A anunciada trégua das entidades representativas os policiais civis da Paraíba ao novo Governo do Estado está chegando ao fim. Em uma nota bastante dura, a categoria denuncia que apenas alguns integrantes do quadro de delegados estão sendo contemplados com benefícios nos contracheques, acusa o governo de “mudança de postura” e ameaça paralisar as atividades, da mesma forma como já fez por duas vezes anteriores a categoria dos delegados.

Leia . abaixo, o que diz a nota da Associação, na íntegra:

A ASSOCIAÇÃO DOS POLICIAIS CIVIS DE CARREIRA DA PARAÍBA – ASPOL/PB vem a público informar a toda a categoria e a sociedade paraibana em geral, a inquietação que mais uma vez toma conta dos policiais civis da Paraíba, ao tempo em que lamentamos os ultimos acontecimentos referentes à negociação.

Desta vez, o que incomoda e inquieta tais policiais é a mudança de postura do governo, que através do Sr. Secretário Gustavo Gominho informou que primeiramente irá tratar a questão dos delegados de Polícia para depois resolver a situação dos demais integrantes do sistema de segurança pública.

Cabe-nos ressaltar que tal tratamento discriminatório, o qual foi dispensado pelo governo anterior e que causou duas paralisações dos policiais civis, uma delas por mais de 65 dias, certamente trará imensurável prejuízo a toda o sistema de segurança pública. Mais ainda, nosso dever é advertir a todos que não aceitaremos tal tratamento vexatório, esperamos que seja feita justiça a todos os policiais civis, porém conclamamos a todos os policiais civis para fazerem-se presentes na próxima assembléia geral, para se for o caso, paralisarmos nossas atividades, pois merecemos RESPEITO!!!

É inadmissível que se tratem 1500 famílias paraibanas de maneira discriminatória, beneficiando apenas alguns cargos integrantes da Polícia Civil. Se o Governo assim agir, certamente estará fechando as portas da instituição, visto que estará sepultando definitivamente a esperança que é depositada pelos policiais civis no Governador José Maranhão e no Secretário Gustavo Gominho, os quais chegaram com discurso coerente e estimulador dos policiais e acima de tudo JUSTO.

Vamos todos à assembléia na próxima quinta-feira e, se necessário, vamos novamente às ruas, pois é a dignidade de nossa profissão que encontra-se em jogo. A Polícia Federal, exemplo a ser seguido, funciona principalmente porque todos os seus integrantes são remunerados DIGNAMENTE, trabalhando assim tranqüilos.

A LUTA É DE TODOS NÓS E A HORA É AGORA !!!

João Pessoa, 09 de março de 2009.


PB Agora

Notícias relacionadas

Açudes da zona rural de CG serão povoados com 100 mil alevinos de espécies variadas

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri) vai implantar, em breve, um projeto de peixamento para povoar os principais açudes do município com cerca…

Vené elogia agilidade da PB em lançar editais da Lei Aldir Blanc 2

O Governo da Paraíba anunciou, nesta semana, que já prepara novos editais da Lei Aldir Blanc 2, como está sendo chamada a continuidade da lei de emergência cultural, que destinou…