Por pbagora.com.br

 A Prefeitura de Cabedelo decidiu fazer um balizamento náutico na área onde é promovida a apresentação do músico Jurandy do Sax, durante o pôr do sol, na praia do Jacaré. O balizamento deve evitar a aproximação demasiada dos barcos nos horários em que o artista estiver executando o Bolero de Ravel, um dos principais atrativos turísticos da Paraíba.

Para efetivar o balizamento, será firmado um convênio envolvendo o Instituto Federal de Educação Tecnológica da Paraíba, campus Cabedelo, a prefeitura e a Marinha do Brasil, para elaborar um projeto sustentável para o local.

Uma reportagem veiculada no domingo passado, denunciou o risco que o músico corria com a proximidade das embarcações, além de quantidade de barcos ancorados naquela área no momento da apresentação. O próprio Jurandy do Sax chegou a revelar que quase sofreu um acidente quando da aproximação de uma pessoa pilotando um Jet-ski e provocando ondas que quase o derrubando da canoa onde faz as apresentações.

A decisão ocorreu nessa sexta-feira (07), durante uma reunião convocada pela PBTur – Empresa Paraibana de Turismo e teve a presença de representantes dos principais órgãos responsáveis pela administração e manutenção do Parque Turístico Municipal da Praia do Jacaré, criado em 2006.

No encontro, também foram discutidos temas como a preocupação com o Meio Ambiente; direitos dos consumidores; segurança dos visitantes; cadastramento e regularização de comerciantes e proprietários de embarcações; oferta turística do parque e da cidade; e um novo ordenamento e implantação do projeto de urbanização das áreas pertencentes a Cabedelo e ao patrimônio da União.

Ao final da reunião, foram definidos alguns encaminhamentos, como o agendamento de reuniões com guias turísticos, agências de turismo e proprietários de embarcações, para ajustes na administração e oferta turística do Parque. Na oportunidade, também ficou definido que será agendada uma reunião entre a PBTUR, a Secretaria Municipal de Turismo, o Prefeito do Município e o Governador do Estado para tratar de questões ligadas a investimentos, ordenamento e urbanização do local.



Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Vacinação contra covid-19 volta a ser suspensa em JP por falta de doses

A campanha de vacinação contra a Covid-19 volta a ser suspensa em João Pessoa, nesta quarta-feira (21), após o esgotamento das doses de imunizantes, que são comprados e distribuídos pelo…

STJ estende a Gilberto Carneiro e mais dois réus da Calvário benefício concecido a RC

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu monocraticamente o recolhimento domiciliar noturno aos fins de semana e nos feriados de três investigados pela operação Calvário. Os…