O governador Cássio Cunha Lima recebeu, no início da noite desta segunda-feira (2), os representantes dos delegados da Polícia, no Palácio da Redenção. Durante o encontro, foram abordadas várias questões envolvendo o movimento grevista pela categoria e uma nova rodada de negociações ficou marcada para a próxima segunda-feira (9), às 19h, no mesmo local.

Em rápido contato com a imprensa, o governador Cássio Cunha Lima avaliou o encontro como positivo. “O diálogo está restabelecido, as negociações terão prosseguimento”, resumiu ele. Segundo Cássio, haverá um novo encontro para discussão da proposta em termos concretos, a partir do desenvolvimento da Receita do Estado no próximo trimestre.

Participaram da Rodada de negociações, os secretários Gustavo Nogueira (Administração); Eitel Santiago (Segurança e Defesa Social); Jacy Toscano (Finanças), Luzemar Martins (Controladoria); além do deputado estadual João Gonçalves, e de outros delegados representantes da categoria.

Durante a reunião, o governador observou que o mês de janeiro já foi marcado por preocupação, por conta da crise financeira mundial, tendo sido registrada uma redução das metas restabelecidas. “Mas eu acredito que, com a retomada das negociações hoje, poderemos retomar a negociação na próxima segunda-feira”, revelou.
 

O governador Cássio determinou ao secretário Eitel Santiago que o corte do ponto dos delegados grevistas fosse suspenso, para que as negociações se concretizassem com maior tranqüilidade e rapidez.

Falando em nome de todas as entidades, o delegado Afrânio de Britto, presidente da Adepidel – Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados da Polícia Civil – ressaltou a importância do encontro com o governador Cássio Cunha Lima, principalmente por mostrar respeito a categoria, recebendo-os e iniciando os diálogos pessoais com toda a categoria.

PB Agora
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ALPB: apesar de problema cardíaco, licença de Ludgério está descartada

Está descartada uma licença de mais de 121 dias para tratamento de saúde, do deputado estadual Manoel Ludgério (PSD), após passar mal, na tarde de ontem, terça-feira (20), por conta…

Sogro é preso após aplicar punição severa a nora que falou palavrão, na PB

A polícia prendeu, no final da manhã desta quarta-feira (21), um evangélico, no bairro do Róger, em João Pessoa, após o homem obrigar a nora a ficar de joelhos, durante…