Por pbagora.com.br

 A recuperação de nascentes, o reflorestamento de matas ciliares, a revitalização de áreas degradadas e o tratamento do esgotamento sanitário ao longo da bacia hidrográfica do rio Paraíba serão discutidos nesta quarta-feira (8) em Campina Grande. Um projeto de revitalização será apresentado durante a reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba (CBH-PB). O evento organizado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), terá início às 9h no Colégio Estadual da Prata.

 

A recuperação da bacia faz parte da preparação do estado para receber as águas da transposição do rio São Francisco. “Vamos programar ações conjuntas entre os órgãos municipais, estaduais e o Governo Federal. A bacia vem sofrendo há tempos com a degradação ambiental e esta missão deve se tornar um trabalho contínuo. A revitalização integral do rio Paraíba é um desafio que vai exigir anos de dedicação”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

 

A bacia hidrográfica do rio Paraíba tem uma área superior a 20 mil quilômetros quadrados e é a segunda maior do Estado, abrigando quase dois milhões de habitantes e abrangendo 38% de seu território. “O rio nasce na serra do Jabitacá, no município de Monteiro, e tem aproximadamente 300 quilômetros de extensão, passando por cidades de alta densidade demográfica como Campina Grande e João Pessoa”, destacou o presidente do CBH-PB, Ulysmar Cavalcante.

 

Conhecido como “Parlamento das Águas”, o CBH-PB atua na gestão participativa dos recursos hídricos estaduais representando os 85 municípios localizados na região da bacia. A lista com os 60 integrantes do órgão deliberativo está disponível no site da Aesa (www.aesa.pb.gov.br).

 

Secom-PB

Notícias relacionadas

Comissão da CMJP é favorável à criação do Consórcio Metropolitano

Também recebeu parecer favorável a licença para os conselheiros tutelares assumirem cargo ou função de qualquer natureza em quaisquer órgãos das esferas dos Poderes A Comissão de Políticas Públicas (CPP)…

Mãe do jornalista e servidor da CMJP Paulo de Pádua morre por complicações da Covid

Morreu nesta terça-feira (13) a mãe do jornalista Paulo de Pádua, servidor da Câmara Municipal de João Pessoa. Daura Camelo de Vasconcelos, de 98 anos, faleceu dormindo, no início da…