A Paraíba o tempo todo  |

Governador cancela audiência em virtude da morte de desembargador

O governador José Maranhão resolveu suspender sua agenda administrativa, em Brasília, e retornar à João Pessoa em virtude da morte do desembargador aposentado Geraldo Ferreira Leite, ocorrida na manhã desta quarta-feira, dia 23.

O desembargador aposentado Geraldo Ferreira Leite, tinha 82 anos, faleceu de enfarto fulminante na manhã desta quarta-feira (23), em sua residência, na Praia de Cabo Branco. Seu corpo está sendo levado na Morada da Paz, na avenida João Machado, nas imediações da Casa de Saúde São Vicente de Paula.

Casado com Carmésia Maranhão, irmã do governador José Maranhão, deixa três filhos: Magna, Mirabeau Maranhão (médico em Campina) e Marcone. Sua filha Magna Maranhão informou que os rituais fúnebres acontecem na Central de Velórios “Morada da Paz”, na avenida João Machado, e o enterro está previsto para esta quinta-feira (24), às 11 horas, no Cemitério Senhor da Boa Sentença.

Antes de se tornar desembargador do Tribunal de Justiça, o qual presidiu no biênio de 1975/76, também presidiu o Tribunal Regional Eleitoral, ocupou as Comarca nas cidades de Araruna, Cajazeiras, Esperança, Picui, Campina Grande e depois em João Pessoa.

Também foi presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, no período de 1973 a 1976, sendo condecorado com a Ordem do Mérito Judiciário, por ocasião dos 116 anos de fundação do Tribunal de Justiça da Paraíba, em outubro de 2007.
 

Secom

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe