Por pbagora.com.br

O médico Fábio Rocha, futuro secretário de Saúde de João Pessoa defendeu, em entrevista à emissora de rádio da capital nesta terça-feira (29), uma campanha de vacinação intensa contra a covid-19.

De acordo com o futuro secretário disse ser favorável a abertura das escolas já no início do ano e defendeu medidas que busquem o equilíbrio entre as necessidades da população e a prevenção contra o novo coronavírus. “Vou preparar um laudo, junto com uma equipe que estamos preparando, sobre a covid para tomarmos as medidas corretas, que, no meu entender, é volta às aulas nas escolas. As medidas têm que ser preventivas e serem aplicadas. Não tem porque as escolas ficarem fechadas”, analisou o médico.

Fábio Rocha criticou que as medidas de flexibilização possibilitem a realização de eventos, mas proíbam a abertura das escolas. “Eu não consigo entender como nós temos medidas até de fazer festas e não se abre a escola. Abris as escolas é meta da nossa gestão e nós vamos fazer o possível dentro do que se conhece cientificamente e vamos lutar e muito para abrir as escolas”, garantiu o futuro secretário.

O futuro gestor da pasta da Saúde da Capital paraibana disse que irá dialogar diretamente com a Secretaria Municipal de Educação para montar um calendário com base em pontos de vistas sanitários e educacionais.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cabedelo cancela Carnaval 2021 e direciona recursos para enfrentamento à covid

Nesta quinta-feira (21), a prefeitura de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa, anunciou o cancelamento do Carnaval 2021. O motivo é a atual crise sanitária provocada pela pandemia do…

‘Fura-filas’: MPF disponibiliza canal para receber denúncias sobre desvios de vacina

A população tem um canal direto com o Ministério Público Federal (MPF) para denunciar extravios de vacina durante a ação de imunização contra a covid-19. Caso presencie ou receba informações…