As duas principais universidades de Campina Grande, a federal e a Estadual, decidiram tomar posicionamentos diferentes quanto a crise hídrica que atingiu o município desde a semana passada. Em nota encaminhada à imprensa, a Universidade Federal de Campina Grande informou que as  atividades acadêmicas e administrativas do campus sede vão ser suspensas amanhã, sexta-feira (22), em razão da crise no abastecimento de água.

Segundo a Reitoria da UFCG, a medida foi tomada levando em consideração o monitoramento do volume armazenado no reservatório principal do campus, pela Prefeitura Universitária. Por não ter sido reabastecido, como previsto no plano de contingência anunciado pela Cagepa, o reservatório atingiu o nível crítico, abaixo de 10% de sua capacidade, o que comprometeu o atendimento a algumas edificações, ainda de acordo .

Entretanto, caso o desabastecimento persista, será emitido um novo comunicado durante o final de semana no site da UFCG e demais canais de comunicação.

UEPB SEGUE COM EXPEDIENTE INALTERADO

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informou, por meio da assessoria, que todas as atividades da instituição estão mantidas em Campina Grande, tendo em vista que as soluções emergenciais adotadas asseguram a higiene hidrossanitária em todos os setores da universidade, onde ainda não chegou água pelo fornecimento normal da Cagepa.

De acordo com a UEPB, isso está sendo possível devido ao remanejamento de águas entre reservatórios do campus de Bodocongó.

CALAMIDADE PÚBLICA

Ainda na manhã desta qunta-feira (21) a prefeitura municipal de Campina Grande decretou estado de calamidade pública na cidade, justamente por conta da falta de água.

 

 

Redação

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Litoral da PB tem seis praias impróprias para banho; maré alcança 1,9 m

O Litoral paraibano tem seis praias impróprias para banho neste final de semana segundo o relatório divulgado pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). Os trechos estão distribuídos entre…

Mulher de 40 anos é morta a tiros em João Pessoa e polícia procura suspeito

Mais um crime contra a mulher foi praticado na Paraíba. A vítima foi morta a tiros na madrugada deste sábado (24), em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar,…