Ex assessor da Prefeitura Municipal de Campina Grande na gestão de Veneziano Vital do Rêgo, o professor Hermano Nepomuceno, convocou a população campinense para aderirem a greve geral que acontece nesta sexta-feira (30), e promete parar o País.

 

Hermano que é o um dos coordenadores da greve geral em Campina Grande, disse que as manifestações devem levar muitos brasileiros para as ruas para protestar contra o governo do presidente Michel Temer.

 

Em entrevista a Rádio Correio FM, ele afirmou que as centrais sindicais fizeram uma reunião na semana passada para deliberar sobre a greve e que em Campina não será diferente.

 

 

Hermano que também foi vice presidente municipal do Partido dos Trabalhadores, conclamou a população campinense para ir às ruas protestar pelos seus direitos e contra as reformas propostas pelo Governo Federal.

 

– Aqui em Campina estamos trabalhando, tanto os companheiros que integram o Comitê Contra a Reforma da Previdência, como os companheiros que articularam a Frente Borborema em Defesa dos Direitos e da Democracia, para fazer uma bela manifestação na sexta-feira. Tivemos na greve passada uma grande paralisação em Campina e há a necessidade de manifestar contra a destruição da legislação dos trabalhadores, que é a CLT, manifestar contra o fim da justiça do trabalho e contra essa destruição da Previdência Social. Campina Grande está mobilizada e todos devem comparecer ao Centro da cidade às 7h da manhã na Praça da Bandeira. Haverá também a manifestação político-cultural, com apresentações de grupos regionais e música – comentou.

 

 

Severino Lopes

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Enem 2020: balanço do MEC revela que maioria dos candidatos é de escola pública

Nesta edição, 87% dos candidatos não precisaram pagar a taxa de inscrição   O primeiro balanço das inscrições realizadas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, que encerraram…

“Nada está certo ainda”, alerta secretário sobre antecipar parcela do 13º do estado

Diante do cenário atua de crise sanitária e, por consequência, crise também na economia, o Governo Estado já calcula a possibilidade de antecipar, ou não, a parcela do 13º salário…