Entidades de proteção ambiental realizam, neste domingo (22), a 14ª Ocupação do Rio Gramame juntamente com a Remada do Abraço 2019. O evento tem início às 9h30 e término às 15h, saindo da Escola Viva Olho do Tempo, organizadora do evento, em um percurso 17 km. O projeto, que faz parte da campanha permanente o “Rio Gramame quer viver em Águas Limpas”, conta com participação da Sudema, Empaer e outros parceiros.

Todas as exigências de segurança para os participantes foram providenciadas pelos organizadores, a começar pela presença do Corpo de Bombeiros. A Remada do Abraço sairá da ponte dos Arcos, em Gramame, e vai até a Barra de Gramame, com três paradas no percurso: Porto de Mituaçú, Porto do General e Porto da Mangueira.

Na concentração, serão realizadas apresentações culturais e show do grupo Tambores do Tempo, mesa com frutas, orientações do Caiaque PB e ato simbólico de preservação do rio. Haverá caiaque e canoa para o transporte mediante locação. O retorno da Barra de Gramame, no fim do percurso, será feito em ônibus, sem custo para os participantes.
Como parte da ocupação do rio, acontecerá a segunda Remada do Abraço, com a presença de canoeiros, barqueiros, caiaqueiros, remadores e excursionistas, além de ativistas ambientais e representantes de órgãos de defesa ambiental.

No sábado, dia 14, foi realizada uma oficina livre de construção de biorremediadores ministrada pela professora da UFPB Cristina Crispim, abordando as tecnologias sociais de regeneração, montagem de módulos biorremediadores e instalação de módulo. A capacitação, aberta ao público, contou com a participação das extensionistas da Empaer Sandra Vidal e Tatiana Asahi.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: internauta denuncia possível irregularidade em supermercado de JP

Um vídeo feito por um internauta e enviado à redação do PB Agora denuncia uma possível irregularidade em pesagens de mercadoria resultando, desta forma, no aumento do valor dos produtos…

MP pede sequestro de bens e retorno à prisão de RC e demais investigados na Calvário

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) pediu ao Tribunal de Justiça da Paraíba o sequestro de todos os bens de 30 denunciados na investigação na Operação calvário, que apura desvio…