Em nota encaminhada à imprensa, a Energisa explica o reajuste na conta de energia, que vem sendo alvo de protestos por moradores de cidades da Paraíba. Ontem, em especial, na cidade de Cajazeiras, a população se reuniu e fez uma passeata na rua reclamando do que considera um abuso.

VEJA

 Variação na conta de luz tem causas diversas

A Energisa esclarece que a variação na conta de luz percebida recentemente pelos paraibanos se deve aos seguintes fatores:

– aumento de 8,8% no consumo residencial de julho para outubro/17;

– suspensão do benefício da Tarifa Social de Energisa Elétrica para cerca de 100 mil clientes residenciais e rurais por falta de recadastramento ou inadequação de perfil;

– revisão tarifária da Energisa Paraíba, com índice médio definido pela Aneel, de 14,55%;

– determinação, pela Agência Nacional de Energia Elétrica, de vigência da Bandeira Tarifária Vermelha no patamar 2. Em junho, a bandeira era Verde, sem cobrança adicional. Em outubro, passou para Vermelha-patamar 2, com cobrança de R$ 5,00 a cada 100 kWh consumidos;

– variação do valor de impostos federais, como PIS/Confins.

É importante ressaltar que peso do serviço de distribuição prestado pela empresa representa, em média, apenas 22,56% do total do valor da fatura. O restante é destinado para cobrir custos de compra de energia, transmissão, encargos e impostos federais, estadual (ICMS) e municipal (Contribuição para Iluminação Pública).

Veja abaixo a comparação da composição das contas de energia de um cliente residencial de Cajazeiras que consumiu 100 kWh em julho e em outubro:

A Energisa reforça o seu compromisso de prestar um excelente serviço de distribuição de energia aos paraibanos, considerado o melhor do Brasil, e também de prestar todas as informações a autoridades e clientes. Dúvidas sobre a conta podem ser esclarecidas pelos canais de atendimento, inclusive os digitais como o aplicativo Energia On, site, Facebook e twitter. O mesmo atendimento oferecido no call center e nas agências estão disponíveis nessas ferramentas eletrônicas.

A orientação para o consumo consciente também é feita pela concessionária nos projetos Espaço Energia e Nossa Energia, que promove a troca de lâmpadas e geladeiras ineficientes por equipamentos mais econômicos. No site da empresa, é possível encontrar dicas de consumo consciente e ainda simular como a adoção de novos hábitos pode proporcionar redução da conta de luz.



Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher de 40 anos é morta a tiros em João Pessoa e polícia procura suspeito

Mais um crime contra a mulher foi praticado na Paraíba. A vítima foi morta a tiros na madrugada deste sábado (24), em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar,…

Combate ao mercado ilegal passa por ‘guerra cultural’, diz Efraim Filho

O deputado federal Efraim Filho (DEM-PB) disse nesta 4ª feira (21 de agosto) que o principal desafio no enfrentamento ao contrabando tema passa por uma “guerra cultural” para conscientizar a…