Por pbagora.com.br

Através da Secretaria de Saúde de Campina Grande, esta semana, o prefeito Bruno Cunha Lima teve uma garantia de importância estratégica para o esforço de guerra que o Município vem empreendendo no tratamento às vítimas da Covid-19, não apenas da 2ª Macrorregião de Saúde do Estado, mas de outras áreas da Paraíba: o fornecimento de oxigênio líquido para as unidades hospitalares da rede municipal.

A preocupação de Bruno Cunha Lima foi compartilhada pelo secretário Filipe Reul, da Saúde de Campina Grande, com os representantes da empresa fornecedora de oxigênio líquido para o Município – a White Martins. Os executivos, durante reunião, asseguraram que o abastecimento das unidades geridas pelo Município está garantido. E mais: pediram para tranquilizar o prefeito, pois até mesmo o aumento da oferta para os próximos dias está nos planos da WM.

A empresa informou que fará a ampliação do equipamento vaporizador do Complexo Hospitalar Municipal Pedro I, para aumentar a capacidade de armazenamento e distribuição de oxigênio na unidade. Além disso, futuramente o hospital também deve receber um tanque de oxigênio ainda maior. O objetivo é garantir abastecimento com qualidade, já que os leitos estão sendo expandidos.

Reforço na UPA Dinamérica e no SAMU

Com base num planejamento demandado pelo prefeito Bruno à Saúde Municipal, a  Unidade de Pronto Atendimento Dinamérica também deve receber uma expansão do serviço, passando da distribuição por cilindro para tanque.

A mudança tem como finalidade garantir oferta de oxigênio para os pacientes internados na unidade, já que a UPA do Alto Branco foi designada para o atendimento exclusivo a pacientes com Covid-19.

No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), os cilindros de 1 e 2 litros serão substituídos por cilindros de até 6 litros, visto que o serviço também vai voltar a colocar em circulação as ambulâncias exclusivas para o atendimento a pacientes com o novo coronavírus.

Zelo e preocupação preventiva

O secretário Filipe Reul destacou o zelo e preocupação preventiva do prefeito Bruno Cunha Lima em relação a um item indispensável no tratamento às vitimas da Covid em todo o Brasil. E comemorou o bom entendimento com a empresa.

“A White Martins é uma fabricante do gás, e não apenas distribuidora, o que nos dá confiança na prestação desse importante serviço. Eles também aumentaram o monitoramento, que passou a ser diário em cada unidade, para assegurar que teremos oferta sempre suficiente para os nossos pacientes”, destacou o Secretário Municipal de Saúde, Filipe Reul.

PB Agora

Notícias relacionadas

Prefeito em exercício de JP garante normalidade da coleta de lixo na capital

O prefeito em exercício de João Pessoa, Leo Bezerra (Cidadania), garantiu a normalidade da coleta de lixo na capital. Ele esteve reunido nessa terça-feira (13) com as empresas prestadoras dos…

Unanimidade: ALPB aprova homenagem a Juliette com maior comenda da PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (13), a concessão da Medalha Epitácio Pessoa para a advogada e maquiadora paraibana Juliette Freire. A proposta, assinada por todos os…