Por pbagora.com.br

Após o prefeito de João Pessoa anunciar a revogação do decreto municipal que impede o retorno às aulas na capital, o procurador-geral do Município, Bruno Nóbrega, afirmou o novo decreto permite o retorno de forma híbrida.

Em reunião realizada com representantes de escolas particulares de João Pessoa, Bruno Nóbrega afirmou que alunos e pais de alunos terão a liberdade para escolher entre as aulas presenciais ou remotas.

– Vamos revogar o decreto vigente e editar um novo que libera o retorno de forma híbrida, que dê a opção da aula presencial ou online a depender do entendimento dos pais. Vamos averiguar junto à Secretaria Municipal da Saúde os requisitos a serem cumpridos pelas escolas”, ressaltou.

Presente na reunião, o presidente do Sindicato das Escolas Particulares da Paraíba, Odésio Medeiros, comemorou a decisão do prefeito. “Era uma questão de sobrevivência e todos estão muito felizes com a sensibilidade do prefeito”, disse.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

João destaca avanços da PB nos ensinos integral e remoto em artigo no Estadão

Em artigo publicado na edição on-line do Estadão desta sexta-feira (5), o governador João Azevêdo destacou a eficiência da educação pública remota implantada na Paraíba durante a pandemia da Covid-19.…

Opinião: O “mimimi” de Bolsonaro é cortina de fumaça para o escândalo da mansão

O presidente Jair Bolsonaro despenca na popularidade, segundo as pesquisas mais recentes. Apesar de tudo, Bolsonaro continua polemizando com um discurso na contramão das expectativas do País, desdenhando da grave…