Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal (PF) e Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) podem ser convocados para debater as denúncias sobre a obra de desvios milionários na Nova Lagoa, idealizada pelo governo Luciano Cartaxo, em João Pessoa. A sugestão é do deputado estadual Aníbal Marcolino (PSD).

O objetivo seria um debate estadualizado sobre o que teria acontecido na Capital dos paraibanos, que a atual gestão usa como cartão postal da administração.

Na atualidade um pedido de CPI está prestes a ser aprovado pelo parlamento municipal, justamente para investigar a fundo as denúncias da Controladoria Geral que apontou o desvio de milhões.

“Quando a gente não deve, não teme”, disse a vereadora Raíssa Lacerda, que analisa se assina ou não o pedido de instalação da CPI.
 



PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João avisa que não tem intenção de deixar PSB, mas deixa janela aberta

O governador João Azevêdo (PSB) confirmou, em entrevista nesta sexta-feira (20), que continua recebendo o convite de vários partidos que têm se colocado à disposição quando o assunto é a…

Dois trechos de praias devem ser evitados pelos banhistas na Paraíba

Neste final de semana, o relatório da Superintendência de Administração do Meio Ambiente da Paraíba (Sudema) aponta que apenas dois trechos de praias  estão impróprios para o banho no litoral…