Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF), Polícia Federal (PF) e Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) podem ser convocados para debater as denúncias sobre a obra de desvios milionários na Nova Lagoa, idealizada pelo governo Luciano Cartaxo, em João Pessoa. A sugestão é do deputado estadual Aníbal Marcolino (PSD).

O objetivo seria um debate estadualizado sobre o que teria acontecido na Capital dos paraibanos, que a atual gestão usa como cartão postal da administração.

Na atualidade um pedido de CPI está prestes a ser aprovado pelo parlamento municipal, justamente para investigar a fundo as denúncias da Controladoria Geral que apontou o desvio de milhões.

“Quando a gente não deve, não teme”, disse a vereadora Raíssa Lacerda, que analisa se assina ou não o pedido de instalação da CPI.
 



PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João efetiva Cláudio Furtado na Educação e Rubens Freire para Ciência e Tecnologia

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (19) trouxe a efetivação de Cláudio Furtado como titular da Secretaria da Educação. Cláudio respondia interinamente pelo cargo, após exoneração do então…

VÍDEO: Lula chama Couto de prefeito e atiça teses sobre disputa pela PMJP

Em encontro nacional das bancadas do PT na Câmara e no Senado, realizado essa semana, o ex-presidente da República, Lula (PT) cumprimentou o ex-deputado federal e atual secretário da gestão…