A Corregedoria da Polícia Civil da Paraíba determinou o afastamento do cargo do delegado paraibano que xingou as mulheres petistas de safadas e rodadas, em uma rede social. A decisão consta no Boletim da Polícia Civil de número 1061, através da Portaria 166/ Degepol. É uma publicação interna da Polícia.

Francisco Azevêdo era titular da 9°Delegacia Distrital de Mangabeira. O comentário dele havia sido feito em fevereiro, porém apenas agora recebeu destaque em João Pessoa. 

“A delegada geral adjunta, Cassandra Duarte, no uso de suas atribuições, resolve dispensar o servidor Francisco Alves de Azevedo Neto, delegado de Polícia Civil, Código GPC 611, do encargo de responder pelo expediente da 9a Delegacia Distrital de João Pessoa”, diz a portaria.

O texto publicado fala sobre os movimentos estudantis da sua juventude, em especial o PT, porém em determinado momento do texto,  Francisco Azevedo começa a falar sobre as mulheres petistas e leva a publicação para o lado sexual. 

"Mulher petista é mulher rapariga, safada, rodada, gostosa de transar e fácil de se apaixonar", diz a publicação. 

O boletim da Polícia Civil deixa claro a exoneração, porém não cita os motivos.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Pessoa fará censo da população em situação de rua

A população em situação de rua de João Pessoa será conhecida em detalhes a partir de um censo que será realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) da Capital. Para…

Martha Rocha, a primeira Miss Brasil, morre no Rio de Janeiro

De acordo com informações, ela sofreu um infarto, com parada respiratória, foi levada para um hospital, mas não chegou à tempo A primeira Miss Brasil, Maria Martha Hacker Rocha, morreu…