A Paraíba o tempo todo  |

Debate sobre privatização da água no município em Santa Rita mobiliza políticos

Os moradores de Santa Rita protestaram em frente ao 7º Batalhão da Polícia Militar contra a privatização da água no município nesta sexta-feira (13). A atual gestão municipal rompeu o contrato com a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), nesta quarta-feira (11) e privatizou o serviço.

Com essa decisão municipal, os moradores do distrito de Várzea Nova e parte do bairro de Tibiri alegam estar sem água desde quinta-feira (12). Nestas áreas, a empresa contratada não deve assumir o abastecimento, pois, de acordo com a Cagepa, o serviço era feito através de uma estação de João Pessoa e a prefeitura informou que o abastecimento era satisfatório. Porém, com a decisão judicial, a Cagepa havia repassado todo o serviço para a empresa.

O deputado estadual Anísio Maia (PSB) esteve no protesto e se comprometeu em acompanhar a situação dos moradores que estão sem água e, consequentemente, sem alguns serviços, como aula nas escolas.

Nesta sexta-feira (13), a Cagepa anunciou que voltaria a distribuição de água em Várzea Nova e parte de Tibiri, mesmo sem contrato, após decisão do governador João Azevêdo (PSB), até que seja discutido judicialmente o retorno total do serviço da Cagepa no município.

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe