Por pbagora.com.br

A Gerência de Vigilância Sanitária de Campina Grande – GEVISA publicou, esta semana, uma Nota Técnica com orientações para os serviços funerários no contexto da Covid-19 na cidade. O documento está disponível na internet e traz as recomendações para o manejo de cadáveres nas funerárias e serviços de saúde, nos casos de óbitos em decorrência da Covid-19.

A Nota Técnica da Gevisa estabelece, por exemplo, regras para a realização de velórios, que não devem permitir aglomeração de pessoas, respeitando a distância mínima de, pelo menos, dois metros entre elas. O órgão recomenda ainda que as cerimônias de sepultamento ocorram com no máximo dez pessoas e que seja evitada a presença de pessoas que fazem parte dos grupos de risco ou com sintomas respiratórios nestes espaços.

Também segundo a Nota, os funcionários encarregados de colocar o corpo na sepultura ou em pira funerária devem estar devidamente paramentados com os Equipamentos de Proteção Individual – EPIs (usar luvas nitrílica com forro, botas de PVC cano médio, óculos de proteção e avental). A recomendação é para que EPI seja ser higienizado e descartado os itens que não podem ser reutilizados.

Para a gerente de Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, Betânia Araújo, as normas são necessárias para prevenir o contágio do novo coronavírus nos velórios e também no manejo dos corpos pelos profissionais que trabalham nas empresas de assistência funerária. “Estamos disponibilizando as normas técnicas para todas os serviços funerários, mas também vamos acompanhar rigorosamente o cumprimento das recomendações, que foram estabelecidas com base nas orientações da Organização Mundial de Saúde – OMS e do Ministério da Saúde”, garantiu.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ouça: Almeida diz que Walber é deputado apenas porque ‘surfou numa onda’

Apesar de representarem o campo da direita em João Pessoa, os candidatos Walber Virgolino, do Patriotas, e João Almeida, do Solidariedade, têm se estranhado nos últimos dias no tocante a…

Sede do Atlético de Cajazeiras registra princípio de incêndio

Um princípio de incêndio atingiu a cozinha da sede do Atlético de Cajazeiras, no final da manhã desta segunda-feira (28). De acordo com as informações o fogo foi causado após…