A Paraíba o tempo todo  |

Conselho de Enfermagem vai enviar ao MP relatório sobre paciente em “cela”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A colocação de uma paciente com suspeita de gripe suína em uma sala reservada a presos não foi a única irregularidade constatada pelo Conselho Regional de Enfermagem (Coren) no Hospital Regional Jandhuy Carneiro, em Patos.

Na próxima segunda-feira, dia 18, um fiscal do Conselho vai entregar ao Ministério Público Estadual um relatório com base no levantamento feito nas dependências do Hospital.

A advogada Vivian Esteves, do departamento jurídico do Coren, confirmou que foram constatadas diversas irregularidades, mas somente na segunda-feira é que haverá a entrega e divulgação do que levantado.

Segundo o Coren, a fiscalização no Hospital foi feita em uma ação conjunta do Ministério Público, Agência de Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Conselho Regional de Medicina (CRM). “A ação tomou como base a denúncia recebida pelo Ministério da Saúde de que a paciente tinha ficado trancada em uma cela com cadeado”, informou Esteves.

Cada representante vai relatar as irregularidades verificadas para depois serem adotadas outras medidas, dependendo da análise feita sobre cada falha encontrada. Ao ser abordada sobre o trabalho do pessoal de enfermagem na assistência a paciente internada com suspeita de gripe suína, a advogada Vivian Esteves informou que o órgão vai analisar toda situação para apurar responsabilidades.

Degradante

Os órgãos fiscalizadores consideraram a situação da paciente degradante e fora das recomendações da Agência Nacional de vigilância (Anvisa). Com relação às irregularidades detectadas, o Ministério Público vai analisar o relatório do Coren e dos demais órgãos e somente a partir daí é que será decidido que medidas serão adotadas. Uma delas pode ser a instauração de uma ação civil pública.

As informações são de Luiz Conserva da equipe do jornal O Norte.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe