Por pbagora.com.br

Uma Comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PB) protocolou denúncia contra unma professora é investigada por LGBTfobia. A professora de biologia que atua também como teóloga é suspeita de dar declarações preconceituosas em live realizada no perfil pessoal dela, em 1º de julho.

O inquérito foi instaurado nesta terça-feira (14) para investigar as declarações supostamente LGBTfóbicas numa live realizada no dia 1º de julho, no perfil pessoal dela em uma rede social. A investigação foi aberta na Delegacia Especializada contra Crimes Homofóbicos e Intolerância Religiosa da Polícia Civil da Paraíba, após denúncia protocolada pela Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB).

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Expectativa x realidade: compra online nas Casas Bahia frustra cliente na PB

Frustração. Esse é o sentimento de uma cliente das Casas Bahia, na Paraíba, identificada como Maria Pereira, que recorreu ao portal PB Agora para fazer um desabafo sobre sua expectativa…

Ruy Carneiro celebra duplicação da quimioterapia no Hospital Napoleão Laureano

Duas vezes mais pessoas serão beneficiadas com o tratamento de quimioterapia em João Pessoa com a instalação de uma nova ala no Hospital Napoleão Laureano, que será inaugurada nesta sexta-feira…