Por pbagora.com.br

Diante da possibilidade da ausência de tropas federais no apoio às Eleições 2020, o comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Euller Chaves, durante entrevista à emissora de rádio de João Pessoa, afirmou que a PM tem total capacidade de garanti um pleito tranquilo em todo o estado.

De acordo com o comandante, esta é a segunda vez que o estado deixa de contar com o envio de tropas federais durante o processo eleitoral, como aconteceu em 2018. Segundo Euller, a Polícia Militar tem a confiança do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, assim como, do Ministério Público Eleitoral. “Estamos buscando, com o suporte da Secretaria de Segurança Pública e com o apoio integral do governador João Azevêdo, no ponto de vista da logística institucional, as tecnologias que dispomos, a capacitação técnica profissional. É um conjunto de indicadores que nos revelam a possibilidade de encarar qualquer missão”, declarou o coronel.

Para isso, o comandante disse que conta ainda com os trabalhos das polícias Civil, Federal, Rodoviária Federal, além a Agência Brasileira de Inteligência, sob o comando da Justiça Eleitoral. “Essa concepção não é apenas da Polícia Militar. É uma concepção de que as forças de segurança pública e os órgãos vinculados ao pleito eleitoral fazem parte desse momento que a Paraíba vive. As forças federais seriam bem vindas também se houvesse essa necessidade mais latente de serem utilizadas, mas o TRE-PB dentro da sua magnitude e da sua capacidade e competência achou conveniente confiar a todos que fazemos a Segurança Pública da Paraíba essa missão”, argumentou o comandante.

Para os municípios onde os ânimos da população costumam estar mais exaltados durante o processo eleitoral, Coronel Euller revelou que durante o período de campanha foram feito levantamentos com base em observações feitas in loco para que sejam adotadas medidas que possam garantir uma eleição tranquila. “Nós enviamos observadores, oficiais superiores foram a alguns municípios que já tinham essas incidências e a necessidade de uma leitura mais detalhada e foram feitos relatórios da situação para que a partir daí possamos eleger ações mais fortes nesses municípios”, explicou o coronel Euller Chaves.

 

PB agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Energisa Borborema tem a mais baixa tarifa de energia elétrica do Brasil

Ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, que inclui 53 concessionárias, apontou a Energisa Borborema, na Paraíba, entre as que possuem a menor tarifa residencial do país. Segundo…

Em nota, Livraria Leitura diz que repudia atos de discriminação

A Livraria Leitura usou seu perfil numa rede social para emitir nota com relação ao episódio de possível caso de discriminação racial em loja localizada no Mangabeira Shopping em João…