Por pbagora.com.br

Visando incentivar o consumo de peixes e outros pescados durante a Semana Santa, a Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf), que é administrada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano de João Pessoa (Sedurb-JP), promove a 5ª edição da Semana do Pescado. O espaço estará funcionando das 5h às 12h até o próximo sábado (3). O evento é realizado em parceria com a União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes).

De acordo com o secretário Fábio Carneiro, cerca de 70 agricultores familiares oriundos de cidades da Grande João Pessoa e outros municípios como Cabedelo, Lucena, Conde, Jacaraú, Alhandra, Pedro Régis, Sapé, Natuba e Pitimbu devem participar da feira diariamente. Segundo ele, o evento tem como objetivo oferecer produtos orgânicos e agroecológico à população com um preço bem abaixo do mercado.

Ele destacou a qualidade e o preço dos produtos como diferenciais para a população que frequenta o espaço. “Os produtos que são comercializados pelos agricultores da Cecaf, além de estarem totalmente livre de agrotóxicos, são em média 56% mais baratos que os supermercados, uma vez que o produtor comercializa diretamente ao consumidor final sem que estes tenham a figura do atravessador como intermediário na negociação”, afirmou.

Já a coordenadora da Cecaf, Thayara Ferreira, disse que a expectativa é comercializar cerca de 60 toneladas de pescados durante os dias do evento. Ela ressaltou que a venda de outros gêneros alimentícios tradicionalmente consumidos nesta época do ano também vai acontecer normalmente. “Além dos pescados também iremos disponibilizar os produtos que já comercializamos, como plantas, flores, verduras, frutas e tempero”, comentou.

Produtos a preços competitivos

Thayara Ferreira acrescentou ainda que os consumidores poderão aproveitar produtos com preços bastantes convidativos na Cecaf, que o quilo da peça do atum de pesca artesanal, por exemplo, pode ser encontrado a R$10,00. Já a tilápia da aquicultura familiar da Paraíba está sendo comercializada por R$14,00 já eviscerada.

Medidas de prevenção

Além da garantia da procedência dos produtos comercializados na Cecaf, Thayara Ferreira explicou ser fundamental que tanto agricultores quanto consumidores observem os protocolos de segurança, como uso de máscara, álcool a 70% e distanciamento social. “Estamos orientando quanto à necessidade de cumprirmos esses protocolos para resguardar a saúde de todos e evitarmos possível propagação do vírus”, disse.

Localização

A Cecaf está localizada na Avenida Hilton Souto Maior, 1.112, no José Américo. Excepcionalmente esta semana, a feira vai funcionar desta segunda (29) até sábado (3), das 5h às 12h.

Notícias relacionadas

PMCG inicia nesta segunda-feira análise cadastral do Programa SuperAção

Os dados cadastrais dos inscritos no Programa SuperAção de Auxílio Emergencial da Prefeitura de Campina Grande, gerido pela Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), começam a ser analisados nesta segunda-feira, 19.…

PBTur e trade turístico realizam capacitações online para agentes de viagens

A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e o trade realizam, no próximo dia 22 (quinta-feira), uma capacitação online para agentes de viagens da Operadora CVC, de São Paulo. Mesmo durante…