A Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos da Paraíba, além do Ibama informaram que através de testes realizados nas pequenas amostras de óleo que foram verificadas nesse final de semana na praia de Barra de Gramame, litoral Sul paraibano, foi verificado que a substância não é a mesma que vem atingido outras localidades do Nordeste.

Segundo os testes, apesar da semelhança, as manchas são incompatíveis.

As pequenas manchas de óleo foram encontradas entre a desembocadura do Rio Gramame e a primeira faixa de pedras da praia. O trabalho de monitoramento da região foi reforçado desde a última quinta-feira (24), devido ao redirecionamento de uma corrente marítima, além da maré alta que poderia trazer para a Paraíba o óleo que tem se acumulado no litoral pernambucano.

Já o secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de João Pessoa, Abelardo Jurema Filho, disse acreditar que as gotículas encontradas nesse final de semana na praia de Gramame são recentes, ou seja, não são resquícios da última vez em que foram verificadas algumas manchas de óleo no litoral paraibano.

“No domingo pela manhã foram detectados alguns pequenos elementos que não eram resquícios da outra ocasião e sim desse problema que está acontecendo agora” declarou.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo da Paraíba publica regulamento da Campanha ‘Nota Cidadã’

O Governo da Paraíba publicou no Diário Oficial do Estado o decreto com a regulamentação da campanha de prêmios “Nota Cidadã”, que será lançada nesta segunda-feira (16), às 10h da…

Câmara do TCE-PB julga 46 processos e imputa débito a ex-prefeito de Picuí

Reunida nessa quinta-feira (12), em sessão ordinária, a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, sob a presidência do recém empossado conselheiro do TCE-PB, Antonio Gomes Vieira…