Aconteceu ontem à noite. O deputado estadual Tião Gomes, do PSL, conhecido por seu gênio explosivo, foi protagonista de mais um bate boca. Dessa vez com o humorista Zé Lezin, no Restaurante Gulliver, em João Pessoa.

Na versão do parlamentar, Zé Lezin chegou ao local e foi convidado a sentar à mesa, mas o humorista reagiu, dizendo que não gostaria de ser preso.

A resposta irritou Gomes, que se sentiu insultado de ladrão por parte do comediante.

Gomes, todavia, negou que o episódio tivesse sido acalorado, como divulgado anteriormente. Disse que depois da ‘piada de mal gosto’, se reservou ao direito de ficar calado.

“Ele estava transtornado e sobrou pra mim”, lamentou.

A cena protagonizada pelas duas figuras públicas foi presenciada por vários clientes do restaurante.

Tião Gomes é deputado de vários mandatos, com atuação mais intensa no Brejo paraibano, sobretudo no município de Areia, onde já foi prefeito e já elegeu o irmão prefeito.

 

OUTRO LADO

 

Já na versão de Zé Lezin, houve mesmo um bate boca. Ao portal maispb, ele admitu que chamou o parlamentar de “bandido”, mas que se arrependeu. Disse que deveria ter chamado o parlamentar do brejo de artista.

O comediante disse ainda que todo mundo conhece como Tião Gomes é complicado e fica feliz porque a Paraíba também conhece quem é Zé Lezin, e saberá discernir quem é quem na hora de fazer juízo de valor.
 

 

 



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após voltar à mira do Gaeco, RC faz live e reclama de perseguição; assista na íntegra

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) quebrou o silêncio que imperava nas suas redes sociais a cerca de um mês e neste sábado (23), através de uma live falou sobre as…

Covid-19: em dez dias, JP registra mais de mil casos da doença

Os registros diários de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) ainda continua subindo na Capital paraibana após quase 60 dias de isolamento social. Em dez dias, segundo dados do Governo…