Foi aprovado, na sessão desta quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba Projeto de Lei que cria os cargos para possibilitar a realização de Concurso Público que pretende contratar 300 agentes socioeducativos na Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac).


CONFIRA O PROJETO

O projeto de autoria do governador Ricardo Coutinho cria no quadro permanente de pessoal da Fundac 300 cargos de agentes socioeducativos e 32 funções de confiança de Supervisor de Unidade de Internação Socioeducativas.

 

Em mensagem enviada pelo Poder Executivo para o presidente da Assembleia, Gervásio Maia, o governador Ricardo Coutinho ressaltou que “apesar do momento de crise financeira vigente em todo país, o Governo do Estado assumiu o compromisso de realizar o concurso ainda no ano de 2017, pondo fim à terceirização desse serviço no âmbito da FUNDAC. Trata-se de pleito antigo de todos os órgãos e entidades que atuam na socioeducação da Paraíba e que a atual gestão estadual assumiu o compromisso de fazê-lo”.

 

De acordo com o texto do Projeto de Lei, o agente socioeducativo terá jornada de 40 horas sevso no cargo deverá ser feito através de concurso público e o requisito de escolaridade é o Ensino Médio ou curso técnico equivalente.

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça autoriza funcionamento de locais que vendem produtos de limpeza e higiene

Decisão do juiz Aluízio Bezerra Filho, da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, autoriza o funcionamento da empresa Dicoplast, que vende produtos de limpeza e higiene pessoal. A parte…

Geraldo Medeiros aponta ética ao abrir mão da disputa eleitoral

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, voltou a reforçar o seu posicionamento com relação à sua continuidade à frente da Secretaria de Saúde da Paraíba, em detrimento ao…