Por pbagora.com.br

 

O número de acidentes de trânsito na avenida Pedro II caiu 23,04% entre os anos de 2008 e 2010, após as obras de alargamento do corredor e implantação da passarela.

Os dados são da Assessoria de Planejamento da Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans), que verificou que, considerando os meses de janeiro a abril do ano de 2008 com os quatro primeiros meses de 2009 e deste ano, o número de acidentes foi menor. A obra foi uma realização da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e sua inauguração aconteceu em janeiro de 2009.

Em 2008 foram registrados entre os meses de janeiro e abril, 53 acidentes, e no mesmo período dos dois anos seguintes, o registro foi de 47 acidentes. Os dados são comparados com o crescimento da frota, que foi, nestes dois anos, de 28.942 novos veículos circulando na cidade.

A partir do cruzamento de dados, é estimada a redução do número de acidentes, considerada em 23,04%. De acordo com os técnicos da STTrans, a redução do número de acidentes, mesmo havendo crescimento da frota, confirma que a obra de alargamento foi o principal motivo para a queda no índice.

“Com este resultado positivo, constatamos que as ações do Plano Viário da gestão municipal, com a adequação dos corredores, – como também ocorreu na avenida governador Flávio Ribeiro Coutinho e priorizando as vias por onde trafegam o maior número de veículos e transportes públicos –, além de melhorar a mobilidade urbana, dando fluidez ao trânsito, também contribuiu para a segurança e tranquilidade dos motoristas e pedestres que tem que circular por elas diariamente”, afirmou a superintendente da STTrans, Laura Farias.

Investimento – As obras de alargamento da Pedro II receberam investimentos da ordem de R$ 9 milhões, dos quais R$ 5,5 milhões foram de recursos próprios da Prefeitura Municipal de João Pessoa e o restante do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal. A avenida é considerada o segundo corredor mais importante da Capital, fazendo a ligação entre a região central da cidade e os bairros da Zona Sul, maior núcleo habitacional de João Pessoa.

As intervenções na avenida consistiram na ampliação para três faixas de circulação em cada sentido (Bairro-Centro e Centro-Bairro). Além disso, foi construída uma ponte de concreto alargada sobre o Rio Jaguaribe, interligada a 2,5 quilômetros de calçadas que começam nas imediações da Comunidade São Rafael, indo até a Rua Etelvina Macedo de Mendonça, que se une à avenida Nossa Senhora de Fátima, como principal ligação dos bairros da Zona Sul, passando pelo bairro da Torre, com destino ao Centro.

A sinalização horizontal e vertical foi restabelecida em todo o corredor e ganhou reforço com a instalação de postes de 12 metros de altura e luminárias em 2 quilômetros da via.

Beneficiados – Além da redução de acidentes e melhora no fluxo de veículos e mobilidade urbana, a ampliação da Pedro II beneficiou as pessoas residentes nos bairros do Castelo Branco, Bancários, Jardim Cidade Universitária, Água Fria, Mangabeira, Valentina Figueiredo e José Américo, entre outros, que necessitam circular diariamente pela via, em veículos particulares ou ônibus, para se dirigir ao Centro da cidade e demais bairros.

A Pedro II também trouxe benefícios para os moradores das outras regiões por ser o acesso à BR-230 e às praias.

Do sítio da PMJP

Notícias relacionadas

Paraíba adotará cotas raciais na aplicação da Lei Aldir Blanc

Medida integra pacote de ações em prol da classe artística para enfrentamento da pandemia da covid-19 rabalhadoras e trabalhadores pretos e periféricos da cultura na Paraíba serão beneficiados com cotas…

Motoristas de ônibus devem cruzar os braços a partir da próxima 3ª em JP

O presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Passageiros e Cargas no Estado da Paraíba (Simtro-PB), Claudemir Bezerra do Nascimento, anunciou, em nota publicada nesta sexta-feira…