A quantia de R$ 2 milhões economizada pela Assembleia Legislativa da Paraíba com a devolução de carros locados e renúncia de diárias e passagens, além de outras despesas, será destinada a compra de pelo menos 25 mil cestas básicas a serem distribuídas a população mais carente do Estado da Paraíba. Para evitar qualquer cunho eleitoreiro, a entrega desses mantimentos ficará a cargo do Exército Brasileiro.

Segundo o presidente da casa, a Assembleia corta na própria carne para ajudar a Paraíba e o povo paraibano e, caso a pandemia persista, o programa será renovado e a economia nos gastos da Casa continuará sendo adotada para que os recursos sejam voltados para contribuir na redução de danos à população.

“A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) cumpre seu papel de forma firme e forte na defesa do povo paraibano e hoje aprovamos esse projeto de resolução no valor de R$ 2 milhões, cortando na própria carne. Os deputados vão entregar os carros locados, renunciar passagens, diárias, outras despesas, a parte da verba de apoio parlamentar e vão juntar R$ 1 milhão durante dois meses e esse programa pode ser estendido por mais dois meses. Se a pandemia continuar, nós vamos dar seguimento a esse ajuda, vamos destinar em maio e junho R$ 1 milhão em cada mês. Cortamos na própria carne para ajudar o povo da Paraíba e os paraibanos. Vamos repassar esse valor para o Governo do Estado, para que os recursos sejam investidos em feiras e cestas básicas, o que calculamos alcançar 25 mil cestas básicas. Esperamos contar com a parceria do exército para que elas sejam entregues por eles às pessoas mais carentes do nosso Estado”, ressaltou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eduardo convida especialistas para debater pandemia na Paraíba

Um debate com especialistas da área da saúde, com foco na situação do setor na Paraíba neste período de pandemia, provocado pelo coronavírus, será o mote de uma série de…

Promotoria recomenda acolhimento de idoso em situação de vulnerabilidade no Centro Pop de JP

O Ministério Público da Paraíba recomendou à Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa que, em caráter com urgência, efetive o acolhimento institucional de um idoso no Centro Especializado para…