O deputado federal e relator da Reforma Tributária na Câmara Federal, paraibano Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) reforçou a necessidade de que o governo federal envie o quanto antes sugestões à referida reforma com o intuito de dar celeridade à tramitação da proposta no Congresso, já que segundo ele, não é possível reformular o sistema tributário brasileiro, considerado um dos mais caóticos do mundo, sem a participação efetiva do governo.

Aguinaldo destacou que o ministro Paulo Guedes já foi convidado para participar das reuniões da Comissão Mista que analisa a reforma e que a sua expectativa é de que o governo federal possa apresentar sua proposta até a participação do ministro nas reuniões.

“Espero que o governo até a vinda do ministro possa apresentar sua proposta da reforma tributária. Vários senadores e deputados externalizaram essa preocupação da vinda do ministro sem que haja uma proposta. A expectativa nossa é que o governo envie uma proposta” declarou.

O relator ainda comentou sobre o agravamento da crise econômica registrado nos últimos dias, reforçou o papel do Congresso na construção da mudança que o país precisa e ressaltou esperar que o governo federal possa liberar para a apreciação dos congressistas todas as matérias que forem de relevância para o Brasil.

“O Congresso tem tido um papel importante na construção que o país precisa. Temos a real dimensão de responsabilidade com o país. Cabe ao governo liderar em momentos de crise e os dados que estamos vendo são preocupantes. A pobreza tem aumentado, o PIB teve uma expectativa menor do que havia, as reformas não vieram para a Casa, o que veio a Casa entregou. O que está sendo debatido não avançamos porque o governo não mandou, inclusive a reforma administrativa. Esperamos que o governo possa liberar o que é relevante para o país” concluiu.

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia Militar lança operação para o feriadão da Semana Santa

Passou de mil o número de denúncias de aglomerações de pessoas que a Polícia Militar atendeu, nas duas últimas semanas, na Paraíba. Para reforçar as fiscalizações do cumprimento das medidas…

João Azevêdo lamenta morte do advogado Levi Borges

O governador da Paraíba, João Azevêdo, lamentou, em nota, a morte do advogado e defensor públicos Levi Borges de Lima. O jurista foi morto a tiros durante uma tentativa de…